terça-feira, 30 de setembro de 2014

Old Dirty Bacon - 12 Anos (Prod. Du Brown)


Inspirada numa crônica de Chico Buarque foi lançada dia 28/08 a música de "12 Anos" de Old Dirty Bacon, com produção instrumental de DuBrown e Scratches do DJ Tikano Calderon, com simplicidade e uma nostalgia objetiva que nos faz pensar em quando éramos crianças e no quanto era boa aquela fase que de longe é a melhor da vida... 

Old Dirty Bacon - 12 Anos (Prod. DuBrown) (03:35)

Ouça via YouTube...

Vordul Mega - Megagraphitti (2008)


Cannibal Ox é um duo que figura entre os mais aclamados deste milênio e Vast Aire é quem divide os microfones e composições com Vordul Mega.

Megagraphitti é seu segundo álbum solo que levou em torno de sete anos para ser concluído, a gravação foi iniciada em 2000 e suspensa para o lançamento de "Cold Vein" (álbum de estréia do Cannibal Ox), retomada e em seguida suspensa novamente para a gravação do que seria seu primeiro álbum solo oficial intitulado "Revolution of Yung Havoks".

Megagraphitti é um clássico instantâneo, é como um vestígio de um futuro distante e que após algumas pausas no decorrer dos processos de criação finalmente foi concluído. São 15 músicas que medem a amplitude de uma era no subterrâneo de Nova York. Este é um registro extremamente pessoal e conta com produções tão pesadas quanto as participações, o resultado você confere no link abaixo...  


Vordul Mega - Megagraphitti (2008)

01. Stay Conscious (Prod. Zach One) (04:28)
02. AK-47 feat. Vast Aire (Cannibal Ox) (Prod. Opto) (05:12)
03. Opium Scripts feat. Billy Woods (Prod. Bond) (02:54)
04. Hattori Hanzo (Prod. DJ Marmaduke) (03:06)
05. Air Battery feat. Tommy Gunn e Billy Woods (Prod. Bond) (02:56)
06. Trigganomics (Prod. Bronze Nazareth) (03:55)
07. Broken Halo feat. Invizzibl Men (MarQ Spekt + Karniege) e Hi-Coup (Prod. Lex Boogie) (04:33)
08. Light (Prod. Bond) (01:16)
09. In the Mirror feat. Vast Aire e Karniege (Prod. Sid Roams) (03:48)
10. Beautiful (Prod. Armyfatique) (04:36)
11. Learn (Prod. Ravage) (02:35)
12. Peanut Butta Up's (Prod. DJ Marmaduke) (03:28)
13. Keep Living feat. Billy Woods (Prod. El-P) (04:46)
14. Imani feat. Billy Woods (Prod. Essex Dogs) (03:54)
15. Megagraphitti (Prod. Zach-One) (03:28)



Vordul Mega - Megagraphitti (Clipe)

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lola Salles - Medo (Clipe)

Direção: Gregori Bastos

Com um flow bem diferenciado Lola Salles baila no beat hipnotizante de REEO Mix e nesse bailado o tema abordado é o Medo e algumas das faces com que o medo se apresenta, sente aí...

Direção Musical e Gravação: 
TerrorDosBeats

Mixagem e Masterização: 
Arthur Luna

Instrumental: 
REEO Mix


+info:


Letra: Medo

(Verso 1)

Falsos adimiradores
" diz " que nos amam na cama
mas querem ser nossos senhores
em papos clichês ostenta tua grana
juram amores eternos de uma semana
leve tuas flores pro inferno
e foda-se tua fama
desculpas, status,
ervas, plantas, tuas gramas
sai pra lá seu mandado
com esse papo de primeiro as damas
se tu associa mulheres a camas
a opressao é um véu
transparente e adocicado num discurso de mel
querem minas sem cismas, soltas
desinibidas pra vida é o que buscam
mas se assustam com as bem resolvidas
que não podem ser contidas
na lista das que tu usa
apenas muleques
imaturos, sem créditos
que por serem inseguros
de boatos são adeptos
não verificam os fatos
confiam nos comédias
acho um tédio tua lábia
é falha tua tática
é uma lástima ter tanto garoto
com aval pra pilotar um corpo
se atrapalham todo 
usar a máquina com negligência
faz perder o jogo
falta de prática aliada a falta de inteligência
é fogo, é foda, é fogo, é foda
falsos!

(Refrão)

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Caiu no meu conceito
Vai me procurar 
Não tem mais jeito

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Deve ta com medo
Hoje eu te faço de brinquedo

(Verso 2)

Eu já falei , não me sustenta
é lei
não arrumar increnca
com os perdidos que eu dei
sei o que inventam
por onde andei
mas que me pertençam
meus passos, meu bem
sei de onde venho e não sou de ninguém
nem vem, não é assim que se lida
quer atingir a mim
tá mal, filin
tão fácin
perdidin na vida
e isso me irrita
eu já nem olho, mesmo repertório
confuso e pouco claro
mas pensei, te ouvir de novo eu topei
sempre bom rir de um otário
que se acha o pica
o que vejo é contrário
tu me critica
pra você é tão fácil
não tem hormônios agindo como demônios deixando teu humor instável
é considerável meu esforço 
não é pouco
pra não voar no teu pescoço
torço
pra não causar esse desgosto
teu rosto assim exposto
sem máscara, tão tosco
ainda é cedo
pede pra eu abaixar meu dedo
maneirar na ignorancia
entao pode vir meu brinquedo
já que me acusa de nao ter saído da infância
quer contrato, 
que eu dê minha palavra
promessas que eu desfaço 
quando a noite acaba
mas não se engane, baby
é lama
eu controlo o game
não teime 
tua acha que reina mas treme

(Refrão) 

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Caiu no meu conceito
Vai me procurar 
Não tem mais jeito

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Deve ta com medo
Hoje eu te faço de brinquedo

sábado, 27 de setembro de 2014

Xará - Nós Somos A Crise (2014)


Precedido pela chegada dos single/clipes: "No Meu Império" com Márcio Local, e a envolvente "Noite" com Juju Gomes.

Nós Somos A Crise é o segundo e mais novo trabalho de Xará, escuta que realmente ficou um trabalho único, numa época de lançamentos sucessivos e excessivos aqui está um dos poucos que despertou em mim expectativas que foram correspondidas à altura...


Xará - Nós Somos A Crise (2014)

01. No Meu Império part. Márcio Local (04:47)
02. Deixa os Garoto (03:59)
03. Vem de Onde? part. Rodrigo Ogi (04:27)
04. Estação Quinze - Parte II part. Daúde (04:42)
05. Domínios (Estocolmo) part. Tiago Mac (03:02)
06. Última Vez (04:04)
07. Me deixa (Sexta-Feira 13) (Prod. ALLRONDA) (04:01)
08. Talismã (O dia vais nascer) part. Rael da Rima (04:05)
09. Noite part. Juju Gomes (03:34)
10. Tâmo Aê part. Ramonzin (Prod. Hand Beats) (04:53)
11. Cê Quer o Quê? (04:37)


Todas as músicas foram gravadas no estúdio "Fábrica de Chocolate".
Produzidas por Damien Seth.
Masterizadas por Luiz Café (Um Só Caminho).
Produção executiva: Jeovanna Vieira.
Arte & Design por ANG KVK.


No Meu Império (Clipe)


Noite (Clipe)


Deixa Os Garoto (Clipe)


+info:

Tássia Reis - #EPTASSIAREIS (2014)


Eis aqui um trabalho recém lançado e descoberto, é o EP de estréia de Tássia Reis que mescla e incorpora Rap e Jazz em suas composições e não vu me prolongar em elogios à este belo trabalho, basta que deixe a música entrar em seus ouvidos...

Tássia Reis - #EPTASSIAREIS (2014)

01. Primavera (Prod. Poska) (03:18)
02. Good Trip part. Tiago Mac (Prod. D.A.C Beats) (04:00)
03. Meu RapJazz (Prod. Esquina da Gentil) (03:06)
04. Calma Preta (Prod. Skeeter) (03:09)
05. Agora Que Eu Quero Ver part. SÃ (Prod. KibãoBeats) (03:05)
06. No Seu Radinho (Prod. DJ Zala (04:11)
07. Asas (Prod. Nelson D) (03:22)


+info:

Meu RapJazz (Clipe)
Direção: Bruno Cons

Bishop Nehru & MF Doom - NehruvianDOOM (2014)


Eis que finalmente foi lançado em 22/09 o tão aguardado NehruvianDOOM.
O resultado é essa parceria fina realizada pelo legendário MF Doom e o garoto Bishop Nehru.

boa audição/diversão...


01. First Day Of Class (01:48)
02. Om (03:25)
03. Mean The Most (04:54)
04. So Alone (02:37)
05. Darkness (04:16)
06. Coming For You (02:49)
07. Caskets (04:51)
08. Great Things (03:50)
09. Disastrous (03:03)


NehruvianDOOM - Darkness


+info:

L.A.P.A (2008)


L.A.P.A - Um filme sobre o bairro da Lapa. Um filme sobre o Rap no Rio!

Apresentado pela Cavídeo em parceria com a Virtual Filmes, L.A.P.A é um documentário de Caví Borges & Emílio Domingues sobre a Lapa, bairro boêmio do Rio de Janeiro, tradicional reduto de sambistas. Hoje é também, ponto de encontro de MC's, lançado no ano de 2007, o filme retrata as esperanças, frustrações, alegrias e diversos pontos de vista de pessoas com algo em comum, o amor e a insistência em viver pela arte, confere aí na integra...

L.A.P.A (2008)

terça-feira, 23 de setembro de 2014

EscutaBaixada | Slow da BF

Slow da BF é o convidado do EscutaBaixada que é uma rede/grupo de pesquisa participativa que documenta e investiga as relações entre aa música e o universo sonoro em geral da Baixada Fluminense com aspectos culturais, sociais, econômicos e políticos dessa região.


+info:

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Drôpe Comando Selva - Entre Nós (Lado A) (2014)


Depois de quase 2 anos de trabalho em parceria com a Miragem Records, o novo trabalho de Dropê Comando Selva entitulado "Entre Nós" está aí! 

O conceito de LADO A e LADO B é um conceito desse selo, que trabalha a música digital resgatando os conceitos da época do Vinil. 

O objetivo final é a prensagem do disco físico então Dropê e a Miragem Records disponibilizaram a primeira parte (Lado A) para vocês se familiarizarem com a causa e o objetivo propostos neste trabalho...

Drôpe Comando Selva - Entre Nós (Lado A) (2014)

01. S.A.L.V.E part. Lica Tito (Prod. Indião) (03:52)
02. Bloco na Rua part. Nissin (Oriente) e Ramonzin (Prod. Goribeatzz) (04:15)
03. Multiversos (Prod. DJ Machintal) (03:25)
04. Amor Indigo (Prod. Musashi) (03:51)
05. Recitac¸o~es (Prod. Mestre Xim) (02::28)
06. Entre No´s part. Lica Tito, Machintal, Hemp, Bocão. Rico, Lepô e Papo Reto (02:35)


Ficha Técnica:

Gravado e Produzido em Miragem Records, Rio de Janeiro.

Direção Musical: 
Daniel Obino

Apoio Técnico: 
Fred Meirelles 

Mixagem e Masterização: 
Luiz Felipe Filho (Misticin)

+info:

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Motim: Movimento Organizado Terrorista Ideológico Marginal [Mixtape] (2014)


Formado pelos MC's Tiago Redniggaz, Luca Antsocial e o DJ Nato_Pk esse é o Motim, abreviação de Movimento Organizado Terrorista Ideológico Marginal e este é o primeiro registro do que o Motim representa...

Motim: Movimento Organizado Terrorista Ideológico Marginal [Mixtape] (2014)

01. Iter Criminis (Prod. Luca) (01:49)
02. Como Eu Vejo Ela part. Tuchê (Prod. Tuchê) (02:14)
03. Direto ao Ponto (03:26)
04. Capital (02:31)
05. Bala Perdida part. Rodrigo Ogi (Prod. Rodrigo Ogi) (03:11)
06. Frustração (Prod. Gedson Dias) (04:15)
07. Cosme e Damião “Skit” (03:28)
08. Cabrito (Prod. Sala 70) (03:43)
09. Inimigos do Giroflex (Prod. DJ Nato_Pk) (02:29)
10. Viro Rotina (Prod. Dj Nato_Pk) (02:36)
11. Roleta Russa part. Akita Fya (Prod. Wyz) (04:14)
12. Na Na Na Na Na Na Na part. Atentado Napalm (Prod. Iuri Stocco) (03:09)
13. Babilônia (Prod. Ander Som) (02:50)
14. Seis da Manhã "Skit" (Prod. Ander Som) (03:06)
15. Surto da Insônia (Prod. DJ Caique) (03:39)
16. Hey Vida part. Di´Lupa (Prod. Xhellaz) (05:33)
17. Meu Rap é Bem Lou (Prod. Marcarapbeats) (04:15)


Todos os Scratches por DJ Nato_Pk

Arte por Pifo

+info:

domingo, 14 de setembro de 2014

Thew Franklim - TTT (2014)


Thew é um beatmaker de curitiba que cria batidas desde 2006. Como ele mesmo definiu "por questão de estética o disquim está dividido em duas faixas longas"

Pra quem aprecia beats malucos e colagens de diálogos curtos é só chegar no link abaixo, só uma ressalva: o download só é liberado se você compartilhar o link em suas redes sociais através do pagsocial, mas pode chegar no link que a viagem é boa...


Thew Franklim - TTT (2014)

Lado A (18:25)
Lado B (24:06)


Arte
Guile Farias

+info:

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Dukes & Mascote - Corsa Music (Prod. Henrique Jonas)


Dukes e Mascote são dois grandes MC's membros do coletivo Studio Kasa, residentes do município de São Bernardo do Campo. Henrique Jonas é um produtor musical da cidade de Diadema.

De uma cidade pra outra a caminhada é longa dependendo de onde você estiver, então qual a melhor maneira de fazer a ponte?
"Vamo colá de Corsa!"


Ficha Técnica:

Música: Corsa Music
Letra: Dukes & Mascote
Instrumental: Henrique Jonas
Master: Willian Waganju Água
Câmeras: Charles Willy, Thiago Fernandes e Guilherme Oliveira
Edição: Jonathan Fernandes, Thiago Fernandes e Tiago A. Neves
Colorista: Capsule Color

domingo, 7 de setembro de 2014

DJ Shadow - Endtroducing.... (1996)


"Endtroducing...." é o trabalho de estréia do DJ Shadow e foi o primeiro álbum criado inteiramente usando samples de outros discos.

Lançado em 19 de Novembro de 1996 pela Mo' Wax Records, contém uma mescla de Trip Hop, Hip Hop e Música Eletrônica, é uma excelente viagem pra quem aprecia música instrumental...

DJ Shadow - Endtroducing.... (1996)

01. Best Foot Forward (00:47)
02. Building Steam with a Grain of Salt (06:39)
03. The Number Song (04:34)
04. Changeling (07:16)
    Transmission 1 (00:35)
05. What Does Your Soul Look Like (Part. 4) (05:02)
06. Blank (00:25)
07. Stem/Long Stem (07:47)
    Transmission 2 (01:29)
08. Mutual Slump (04:00)
09. Organ Donor (01:57)
10. Why Hip Hop Sucks in '96 (00:44)
11. Midnight in a Perfect World (04:58)
12. Napal Brain/Scatter Brain (09:21)
13. What Does Your Soul Look Like (Part 1 - Blue Sky Revisit) (06:17)
    Transmission 3 (01:11)


+info:

Pazsado - Dias De Praia (2011)


Dias De Praia é um disco temático sobre situações que ocorrem na temporada do final de ano, com situações e acontecimentos típicos do litoral Sul. 


Detalhe: o álbum não foi terminado, este que se encontra disponível aqui é apenas uma parte do que seria o disco...

01 Intro Ida (02:55)
02 Dias De Praia (02:42)
03 Chegada (Skit) (02:21)
04 Noite Na Feirinha (02:15)
05 Skit (02:08)
06 Quem Vai Buscar o Café ? (03:46)
07 Arrastão (03:42)
08 Amor De Praia (02:39)


+info:

Pazsado - Hippie Hobby 2000 | 2005 [Mixtape]


Originalmente Hippie Hobby era em formato clássico k7, famosa mixtape/fita mixada, captada de forma caseira já deixava bem claro que Pazsado era promissor na escrita. 


Compilação de músicas completas e incompletas gravadas entre 2000 e 2005, do tempo das fitas gravadas no rádio da Aiwa, até mesmo a mix original "Hippie Hobby" esta incompleta, mas este registro é para não morrer nos arquivos.

01 Anódino (04:02)
02 Da Pra Entender (02:33)
03 Festa Americana (02:00)
04 Imunidade (02:43)
05 Não Precisa Ser Bonita (04:06)
06 Não Rende (03:10)
07 Real do Real (01:00)
08 Táticas (02:48)
09 Veta a TV (03:01)

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Big Filho - Boombox (Clipe)

Lançamento oficial de "Boombox" o terceiro single da Mixtape "É Disso do que Eu estou Falando" do Big Filho, com instrumental produzido pelo DJ Lui Sanz.

Esta foi a forma que Big Filho encontrou para homenagear a Cultura Hip Hop em sua mais pura essência, e "Boombox" foi o símbolo escolhido talvez pela sua importância desde o início do Rap em que ocorriam verdadeiras batalhas nas ruas onde B-Boys colocavam suas fitas K7 em seus Boombox e duelavam pelo respeito entre as crews, confiram...

Big Filho - Boombox (Clipe)
Direção:
Léo "Saffe" e Tiago Barella

Abaixo é possível fazer o download da música basta clicar no link e se divertir, afaste os móveis da sala e aprimore o seu Break Dance ouvindo...


+info:

terça-feira, 2 de setembro de 2014

WHOLE - Berro de Alerta


O Berro de Alerta da WHOLE é um manifesto e uma experiência cultural e criativa derivada das nossas crenças sobre como ser uma marca, conectar universos e contar histórias, traduzidas por nossos parceiros em forma de arte, produto e conteúdo.

Por DJ Soares:

O Berro de Alerta nasceu em uma reunião que fizemos, eu e a cúpula da Whole. 
O clima pedido para a música casava perfeitamente com um instrumental que eu tinha feito uns meses atrás e que ficou sem destino definido até então.

Costumo dar nomes de mulher para os meus instrumentais, o do caso se chamava "Beth". Beth era uma mulher introspectiva, delicada, de sorriso não muito frequente. Era tipo a Monalisa que muitas pessoas descrevem quando olham para ela e tentam decifrar sua personalidade.

Tinha a Beth em mãos mas não tinha as pessoas certas para trabalhar no projeto. Mas nem precisei pensar muito, convoquei duas figuras das quais sou muito fã e que, com certeza, iriam ajudar a Beth a se tornar uma bela música, Caio (Elo da Corrente) e Luana Gaudy.

Fizemos uma audição da música e o Caio em poucos dias já tinha boa parte do verso e refrão em mãos. Marcamos de trabalhar a música no QG Stereodubs dos meus amigos Léo Grijó e DJ LX. Foi uma tarde bem proveitosa e o processo todo foi bem rápido. Acertamos todos os detalhes, aparamos todas as arestas e aqui está o resultado. Uma música que me orgulho muito de ter produzido e que reflete muito bem o clima da nossa cidade e das aspirações do nosso povo traduzidas pelo instrumental e pela letra e voz do Caio e da Luana.

Um berro de alerta, um grito de liberdade…liberdade de pensamentos, não deixar de ousar, de fazer o novo, de arriscar as vezes tudo em busca de algo maior.

Essa é a trilha do "Manifesto 2014" da WHOLE.

WHOLE - Berro de Alerta

Produzido por: DJ Soares
Letra: Caio Neri (Elo da Corrente)
Voz: Caio Neri e Luana Gaudy
Mixagem e Materização: Stereodubs


Elo da Corrente • CRUZ (2014)


Olha só o que o Elo da Corrente soltou na rua...

CRUZ!

E aí, pronto para carregar a sua?

Elo da Corrente • CRUZ

01. SOBRE O INFINITO E OUTRAS COISAS (Prod. PG) (03:40)
02. AVE LIBERDADE (Part. Célia) (Prod. Caio) (02:34)
03. MEMÓRIAS (Part. Danilo Caymmi) (Prod. Pitzan) (03:23)
04. NAJA (Prod. Pitzan) (02:44)
05. CRUZ (Part. Márcia Castro) (Prod. PG) (03:43)
06. SALUTARIS (Part. R. Brandão) (Prod. Caio) (04:08)
07. ALEGRIA (Prod. Pitzan) (03:27)
08. BATUCADA FANTÁSTICA (Prod. Caio) (02:41)
09. TRÍADE (Prod. PG) (03:35)
10. KOAN (Prod. Elo da Corrente e DJ Makö) (03:35)


Concebido e produzido por Elo da Corrente entre o outono de 2011 e a primavera de 2013.

Todas as letras por Caio Neri e Pitzan Oliveira, exceto versos de Rodrigo Brandão na faixa "Salutaris".

Scratches e colagens por PG.

Gravado por Elo da Corrente (Flautim 55), Décio7 (Traquitana), Luiz Lopes (Flap C4), Gustavo Mendes (C4 Lab) e Mario Jorge (Companhia dos Técnicos).

Mixado por Fernando Sanches no Estúdio El Rocha.

Masterizado por Dave Cooley no Elysian Masters.

De Leve - Estalactite [EP] (2014)


No último sábado (31/08) De Leve soltou no YouTube a última track do seu EP Estalactite, apesar de poucas faixas logo de cara você percebe que apesar do tempo que ficou afastado do Rap De Leve ainda está em plena forma, são 6 músicas que marcam o retorno dessa figuraça de Nikiti, se ligae...

De Leve - Estalactite [EP] (2014)




De Leve - "Estalactite"

+info:

JL - A Lenda (2013)


A Lenda trata exatamente de um dos primeiros MC's da história do Rap no Brasil à versar de improviso e inclusive a batalhar criando rimas de ataque na hora, remanescente da São Bento este é JL, encontrei esse disco por acaso na internet e devido à importância dessa pessoa para a Cultura Hip Hop eis aqui este registro disponível para todos vocês.

Independente do estilo de rimar ou compor pelo menos do meu ponto de vista este MC é um dos personagens mais importantes na História do Rap Nacional pois foi referência pra muita gente que está em voga hoje em dia e ainda está na ativa, as vezes o Hip Hop apesar de Cultura trata com certa ingratidão seus precursores e JL é uma prova viva disso...

JL - A Lenda (2013)

01. A Lenda (01:36)
02. Amante à moda antiga (02:45)
03. Amigo (04:16)
04. Amor amo Você (02:30)
05. Aquele abraço (Remix) (07:03)
06. Tributo ao chambal (03:19)
07. Nego lei (05:28)
08. O Baixinho (04:02)
09. Original (03:33)
10. Sonhos (03:38)


+info:

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Cazêro Rep - Aços do Ofício (Part. Indigesto) (Prod. Goribeatzz)


Cazêro Rap é um duo formado por Sedex e Garcez, exímios arquitetos das palavras, aliando à esta arquitetura o Boombox em forma de gente Adu BeatBox e pra somar com esse time ninguém melhor que Indigesto, gravado, mixado e masterizado no Studio Setor, depois disso o resto é só ideia "flowindo" lindo, sente aí...




Letra: Aços do Ofício

É arduo, é trampo,
É trampo arduo, pra caralho!
É trampo, é arduo
É arduo o trampo, pra caralho!(2x)

Sedex

(Verso 1)

Ouvir dizer que sou marrento é fácil
difícil é entender o conceito de marra que lhe é passado
Visando cada track como um trampo isolado, de um todo
por tudo isso concluo que meu semblante é de um rapaz cansado
Enquanto tentam usar-me de muleta
trabalho pra fazer das pedras raras jóias, criar atmosferas
e quando digo que a questão é extra
tento ir além de 'punch lines', ditas 'pedradas' na real são 'pérolas'

Expansão levando em consideração o termo 'overall'
conquistando e desprendendo do sentido territorial
Tal povo mongol, trabalhando entre o prazer e a dor
galgando de sol a sol até o mesmo se pôr
Meu clã se espelha nos Khan desde Gengis
corta pela frente espalhando os nossos genes
me sinto atrasado mesmo estando em plena gênesi
Haja vista que ainda trocam-se balas como cowboys do Tennessee

Alguns vendem à ti o que locam dos que vendem a si
mesmo que se dificulte a recusa, abuse da desconfiança que existe em ti,
e reside em ti! Cuidado com o que ingere e digere, irmão!
Foi posta a mesa ai ó, Bon Appétit!

Cautela pra que meu time avance, avante
de alguns passos pra trás tiro parâmetro, e um café pra dar um levante
Minha fome vai além de pausas pra lanche,
só quem conhece a frustração pode conhecer a palavra 'revanche'

Super produção vai além do meu ofício,
o fogo que faz mover vai além de um mero artifício!
Entre esse limites meço o peso dos sacrifícios
falo por mim já que Deus está por todos como foi dito à mim lá, bem lá no início

(Refrão)

São ossos do ofício, somos aços do ofício
faço o que faço sem relevar se é difícil! (3x)

Garcez

(Verso 2)

Desculpe-me não ser mais tão simpático
é que além de pensar no Rap, tenho que bolar um esquema tático
Meu ofício, vício, viajo sem visto
tal visto a camisa, assumo o compromisso
É difícil ser indepentedente e não depender de gente
difícil fazer arte e não ser taxado de inconsequente

Problemático! Emocionado!
Curriculo amassado debaixo do braço a procura de um serviço
Salário atrasado, tropeço em pedras
com meus pés cansados no fronte pra guerra
Só vêem os tombos que levo mas não as pingas que tomo
sigo trampando bem sério, a mata vou desbravando
Pacto feito entre caneta, papel e base
Bola na rede! Titular não acerta a trave, cê sabe

Suor escorre, minha pegadas se cravam eternas
feridas feitas na jornada, com cachaça cicatrizo elas
Por elas vivo, por elas sigo, por esse trilho
Sigilo!
Em cada passo pra que o olho gordo se faça escasso
Falam que é fácil, porém poucos fazem o que faço

Limpando a sujeira fétida como gari
subvertendo minha situação e assim em cada evoluir
São só os osso do ofícios, sou mais um de aço em serviço
fazendo mais do que falo, sem relevar se é difícil

Não somos 300, muito menos viemos de Sparta
Mas vivemos pelo o que cremos, assim a batalha se trava
Arquiteto, pedreiro, ajudante e patrão
dessa forma minha empresa trabalha caminhando na contra-mão
Diante disso te digo e afirmo
Nosso pilar é firme e é proibido dar vacilo, porra!

Indigesto

(Verso 3)

São ossos do ofício, somos ossos do ofício
faço o que faço sem relevar sacrifício! (3x)

A virtude é que aqui é tudo inquietude
e por acaso, sem prazo de validade
Me sinto eterno, deve ser coisa da idade
Arriso minha vida, arisco com a vaidade

Quero mais história, menos stereo
ao menos espero um pouco mais de memória
Na trajetória ser sincero
não ir pro cemitério de forma contraditória

Notória noção
explora a razão, vitória não é tão significatória
Não viver em vão
a vida é tão simplória e não simplificatória

Sem paradigma nem paradóxo,
que parada é essa?! Para e repara que é tudo nosso!
Até os ossos, destoamos destroços
e não pouparemos esforços!

+info: