segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Organização QI - A Arte de Se Manter em Pé (Independente, 2019)



01. Turbulentos Ventos
02. Vídeo Game (Part. Pazsado)
03. Duas Lágrimas
04. Livre pra Correr
05. Liberty a City
06. Invisibilidade Social
07. Futuru Inseguru 2
08. Meu plano é celestial (Part. Fidell)
09. Universo pelo Avesso (Part. ContraVersão)
10. Poltergeist
11. A Arte de Se Manter em Pé
12. Fuga Da Deprê Remix (Part. Killer Boy) (Prod. Shura Bass)

Bônus Track:

13. Guerreiros Na Selva (Prod. Shura Bass)


+info:

sábado, 19 de janeiro de 2019

Marcelo Yuka no Caminho das Setas (Documentário, 2011)


Uma coisa que sempre digo: "Todas as homenagens devem ser feitas em vida."
Uma coisa que sempre ouço: "A gente só aprende a dar valor depois que perde."

E infelizmente foi essa a primeira notícia que recebi hoje ao chegar no trabalho, nos deixou um dos compositores que mais influenciou boa parte da minha geração, obrigado por todos os serviços prestados Marcelo Yuka.

Honestamente, sempre mexeram comigo as composições do Yuka, fazendo um breve passeio de volta ao passado consigo lembrar de algumas conversas sobre sua genialidade, desde as primeiras músicas dO Rappa que me alcançaram, até quando ele saiu da banda e retornou com o F.UR.T.O. e sempre foram todas muito impactantes pra mim.


Não sei se essa é a melhor forma de homenageá-lo, mas enfim, muito obrigado Yuka, vá em PAZ.


Sinopse:

Ao 34 anos, no auge da carreira, o compositor Marcelo Yuka leva nove tiros em uma tentativa de assalto no Rio de Janeiro. Vítima da violência urbana, ele vê sua vida mudar, o que aumenta seu ativismo e o alcance social de suas críticas.

Ficha Técnica:

Edição: Jordana Berg
Direção: Daniela Broitman

+info:

Re-post: F.UR.T.O - Sangueaudiência (Sony BMG, 2005)


Furto, também conhecida como F.UR.T.O (Frente URbana de Trabalhos Organizados), é uma banda brasileira criada por Marcelo Yuka, ex-baterista da banda O Rappa, que segue o mesmo estilo musical e ideologia que consagrou sua antiga banda. A primeira apresentação do F.UR.T.O. ocorreu na edição de 2004 do Tim Festival, em São Paulo e no ano seguinte veio as ruas Sangueaudiência.


01. Terrorismo Cultural (04:44)
02. Ego City (04:38)
03. Amém Calibre 12 (04:28)
04. Mental Combate (05:36)
05. Todos Debaixo do Mesmo Sombrero (Part. Manu Chao) (05:21)
06. Flores Nas Encostas de Cimento (05:06)
07. Cidades (05:27)
08. Gente de Lá (Part. BNegão) (04:54)
09. Coisas Tão Simples (04:08)
10. Paradoxo (04:17)
11. Caio Pra Dentro de Mim (04:33)
12. Sombra Líquida (04:54)
13. Desterro (Part. Marisa Monte) (04:36)
14. Não se Preocupe Comigo (04:44)
15. Verbos à Flor da Pele (07:32)

DOWNLOAD


Video Clipes:

"Não se preocupe comigo" (2006)
Direção: Paulo Lins e Nobuki Ogata

"Flores nas encostas do cimento" (2006) 
Direção: Nobuki Ogata

"Ego City" (2006)
Direção: Iuri Bastos

Re-post: Marcelo Yuka - Canções Para Depois do Ódio (Sony Music, 2017)


Pouco mais de um ano atrás esse álbum era lançado e eis que agora é parte do legado deixado por Marcelo Yuka, que a música lhes encontre quando estiverem perdidos para lhes fazer companhia no decorrer da caminhada.


01. O Dia em Que o Homem Se Cansa (03:48)
02. Assim é a Água (04:12)
03. Movimento da Massa (03:15)
04. Por Pouco (04:07)
05. Myto (03:15)
06. Agora Nesse Momento (05:09)
07. Confusão (04:07)
08. Até Você (04:23)
09. Dali (03:41)
10. A Carga (04:12)
11. Um Minuto Antes do Fim (05:18)
12. Memórias Artesanais (03:44)
13. A Tempestade (03:22)
14. Cortejo Milenar (04:24)
15. Cidade do Amparo (03:59)
16. Algo Mais Explícito (05:52)



Marcelo Yuka - "Dali" (Part. Bukassa e Black Alien)


+info:

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Fausto Fawcett & Os Robôs Efêmeros (WEA, 1987)


Descrito como um álbum de "conceito cyberpunk que passeia por Copacabana ao estilo Blade Runner", suas oito faixas sutilmente interligadas narram a vida dos personagens decadentes que habitam uma versão futurista e tecnologicamente avançada da cidade do Rio de Janeiro. Embora tenha sido praticamente ignorado em seu lançamento em 1987, Fausto Fawcett e os Robôs Efêmeros agora é considerado um trabalho seminal da então cena brasileira de Rap, Rock, Hip-Hop, e conquistou um significado cult ao longo dos anos; também gerou singles de sucesso: "Juliette" e "Kátia Flávia, a Godiva do Irajá" - considerada uma das primeiras letras de Rap brasileiro de todos os tempos, é a composição mais conhecida de Fawcett.


01. Gueixa Vadia (06:16)
02. Tânia Miriam (03:54)
03. Drops de Istambul (03:57)
04. O Rap d'Anne Stark (06:35)
05. Kátia Flávia, a Godiva do Irajá (04:06)
06. A Chinesa Videomaker (07:02)
07. Estrelas Vigiadas (05:00)
08. Juliette (Part. Fernanda Abreu) (04:12)

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Inocentes - Pânico em SP (Warner Music Brasil, 1986)


Pânico em SP é um mini-LP da banda Inocentes, foi o 2º trabalho da banda lançado em 1986, foi gravado no estúdio Mosh em São Paulo. Em julho de 2016, 30 anos após seu lançamento foi eleito pela revista Rolling Stone Brasil como o 6º melhor disco de Punk Rock do Brasil


01. Rotina
02. Ele Disse Não
03. Não Acordem a Cidade
04. Salvem El Salvador
05. Expresso Oriente
06. Pânico Em SP



Inocentes - Pânico em SP (Vídeo Clipe)
Direção: Walter Abreu

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Robert Johnson - The Complete Recordings (Legacy Recordings, 1990)


Esta é uma coletânea lançada em 28 de agosto de 1990, as músicas do álbum foram gravadas em duas sessões, uma em Dallas e outra em San Antonio, Texas, para a American Record Company entre 1936 e 1937.


Robert Leroy Johnson foi um cantor, guitarrista Norte-americano de Blues que influenciou grandes artistas durante anos como Muddy Waters, Led Zeppelin, Bob Dylan, The Rolling Stones, Johnny Winter, Jeff Beck e Eric Clapton, que considerava Johnson “o mais importante cantor de blues que já viveu”. Neste álbum duplo temos alguns dos melhores sons dessa lenda, ouve aí, é de graça..

CD 1

01. Kindhearted Woman Blues
02. Kindhearted Woman Blues (Alternate Take)
03. I Believe I´ll Dust My Broom
04. Sweet Home Chicago
05. Rambling on My Mind
06. Rambling on My Mind (Alternate Take)
07. When You Got a Good Friend
08. When You Got a Good Friend (Alternate Take)
09. Come on in My Kitchen
10. Come on in My Kitchen (Alternate Take)
11. Terraplane Blues
12. Phonograph Blues
13. Phonograph Blues (Alternate Take)
14. 32-20 Blues
15. They´re Red Hot
16. Dead Shrimp Blues
17. Cross Road Blues
18. Cross Road Blues (Alternate Take)
19. Walking Blues
20. Last Fair Deal Gone Down

CD 2

01. Preaching Blues (Up Jumped the Devil)
02. If I Had Possession Over Judgment Day
03. Stones in My Passway
04. I´m a Steady Rollin´ Man
05. From Four Till Late
06. Hellhound on My Trail
07. Little Queen of Spades
08. Little Queen of Spades (Alternate Take)
09. Malted Milk
10. Drunken Hearted Man
11. Drunken Hearted Man (Alternate Take)
12. Me and the Devil Blues
13. Me and the Devil Blues (Alternate Take)
14. Stop Breakin´ Down Blues
15. Stop Breakin´ Down Blues (Alternate Take)
16. Traveling Riverside Blues
17. Honeymoon Blues
18. Love in Vain
19. Love in Vain (Alternate Take)
20. Milkcow´s Calf Blues
21 Milkcow´s Calf Blues (Alternate Take)
20 Tocadisco - Better Run (feat. Nadia Ali)

domingo, 13 de janeiro de 2019

DJ Kheops - Sad Hill Impact (Delabel, 2000)



01. Sad Hill All-Stars - Sad Hill Impact (03:38)
02. Def Bond - Tous Veulent Le Succes (feat. Arsenic) (03:50)
03. Prodigal Sunn - Saga 2000 (feat. Dreddy Krueger e Faf Larage) (03:52)
04. IAM - Poussières II Galaxie (04:16)
05. Soprano - Pour De Meilleurs Lendemains (feat. Rodolphe Gagetta) (03:28)
06. Yak - Note Aux Nanars (03:38)
07. Mafia Trece - Qu'est-ce Que'tu Croyais? (03:59)
08. Psy 4 De La Rime - La Fierte Au Sang (03:37)
09. Freeman - Me, J'ai Pas De Dons (03:57)
10. Def Bond - Illegal (feat. Tony e Paco) (04:21)
11. Freestyle - Art Of Raw (feat. D.Stroy e Shabbazz The Disciple) (04:27)
12. Alonzo - Le Fruit De L'époque (feat. Sat) (03:47)
13. Yak - Sentier Lumineux (feat. Pit Baccardi e Akhenaton) (03:53)
14. Les Sages Poètes de la Rue - Honnètes, Malhonnètes (03:52)
15. Psy 4 De La Rime - Pour Mes Gens (04:12)
16. MC's Arabica - Sortis De Nulle Part (04:10)
17. Vincenzo - Je Suis Seul (feat. L'Skadrille) (03:39)
18. Yak - Escroc Et Associees (feat. Les Nubians) (03:26)
19. Freestyle - Scan The Fields (U.S. Remix) (feat. D.Stroy e Shabbazz The Disciple) (03:36)

Disponível na íntegra via: YouTube.

Beastie Boys - Polly Wog Stew EP (Rat Cage Records, 1982)


Esse é o EP de estréia do que se tornaria um dos mais bem sucedidos trios do Hip-Hop na história. 

O EP com pouco mais de 10 minutos contém punk rock e hardcore no melhor estilo: visceral, agressivo e rápido, um pouco distante do que eles se tornariam alguns anos depois; Na verdade eles nunca perderam essa veia Rock'N'Roll mas passaram a ser bem mais Rap com o passar do tempo.


Enfim, eis aqui um registro que acho válido compartilhar aqui.

01. Beastie Boys (00:56)
02. Transit Cop (01:18)
03. Jimi (02:06)
04. Holy Snappers (01:22)
05. Riot Fight (00:30)
06. Ode To… (01:33)
07. Michelle's Farm (01:38)
08. Egg Raid On Mojo (01:20)



sábado, 12 de janeiro de 2019

Meth, Ghost & Rae - Wu-Massacre (Def Jam Recordings, 2010)




01. Criminology 2.5 (01:59)
02. Mef vs. Chef 2 (02:04)
03. Ya Moms (skit) (00:36)
04. Smooth Sailing (Remix) (02:59)
05. Our Dreams (03:25)
06. Gunshowers (02:59)
07. Dangerous (03:55)
08. Pimpin’ Chipp (02:32)
09. How To Pay Rent (skit) (00:38)
10. Miranda (03:02)
11. Youngstown Heist (02:42)
12. It’s That Wu Shit (03:11)


"The Wu-Massacre" Trailer Part I

"The Wu-Massacre" Trailer Part II

"The Wu-Massacre" Trailer Part III

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Gravediggaz - 6 Feet Deep/Niggamortis (Gee Street Records, 1994)


"O significado de Gravediggaz é o ato de cavar sepulturas nos mentalmente mortos, e ficar por ressuscitar o morto mental de seu estado de inconsciência e ignorância." RZA


01. Just When You Thought It Was Over (Intro) (00:10)
02. Constant Elevation (02:28)
03. Nowhere To Run, Nowhere To Hide (03:54)
04. Defective Trip (Trippin') (05:04)
05. 2 Cups Of Blood (01:26)
06. Blood Brothers (04:47)
07. 360 Questions (00:33)
08. 1-800 Suicide (04:17)
09. Diary Of A Madman (feat. Shabazz The Disciple e Killah Priest) (04:34)
10. Mommy, What's A Gravedigga? (01:44)
11. Bang Your Head (03:23)
12. Here Comes The Gravediggaz (03:44)
13. Graveyard Chamber (feat. Dreddy Kruger, Killah Priest e Shabazz The Disciple) (04:56)
14. Deathtrap (feat. Masta Ace) (02:57)
15. 6 Feet Deep (04:36)
16. Rest In Peace (Outro) (02:00)



Diary Of A Madman (Vídeo Clipe)


Nowhere To Run, Nowhere To Hide (Vídeo Clipe)


1-800 Suicide (Vídeo Clipe)

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Leggezin Fin - Precisao (Black Stone Of Mecca & Maggnata Productions, 2004)


Apenas 200 cópias deste álbum foram prensadas ​​originalmente por Leggezin Fin e vendidos apenas em Angola, praticamente esgotado.

Leggezin Fin é uma célula do Wu-Tang Clan em Angola, ouve aí.


01. Intro (02:09)
02. No Penso So Em (feat. Bell E Daniel) (03:52)
03. Angola No Coração (03:03)
04. Skit (04:01)
05. Momentos De Alegria (03:42)
06. Tudo Que Eu Quero (03:59)
07. Skit (feat. The RZA) (01:18)
08. Soldados Universais (feat. Prodigal Sunn) (03:44)
09. Africa Querida (02:51)
10. Intercambio Sonoro (feat. 9th Prince e Fuse dos Dealema) (03:29)
11. Pior Animal (04:18)

Disponível para audição na íntegra via: Bandcamp
.

Leggezin Fin - Soldados Universais (feat. Prodigal Sunn)
Direção: David Roma e Troy Garity

+info:

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Horizontal Apresenta: Poesia Urbana Vol.1 (Horizontal Records, 2004)


E pra quem não conhece o Rap português, também conhecido como Rap Tuga, eis aqui uma Mixtape com nomes que dispensam apresentações, alguns dos melhores liricistas de Portugal estão presentes nessa mix, se já conhecem sem dúvidas irão gostar, caso contrário não percam tempo e baixem logo..


01. NBC - Esteriotipo (Prod. Xeg)
02. Nigga Poison - Ke Ki Rapasis Kré? (Prod. Carlon)
03. Sir Scratch - Manias (Prod. Manny Light)
04. DNA e Ruiz com NBC - Vivo Puro (Prod. DNA e NBC)
05. Kacetado - Filho da Selva (Prod. Sam The Kid)
07. Fuse - Juntos Como Um Sò 
08. Bònus - Nada Muda (Prod. Sam The Kid) 
09. Sam the Kid e Daddy-O-Pop - Motivação 
10. Lince - Voar 
11. 2 Caras com Sam the Kid - Geração TV (Prod. Sam The Kid)
12. Xeg - Continuação 
13. Adamastor - Underground (Prod. Sam The Kid)
14. Ikonoklasta aka Mata-Frakuxz - Bonito Planeta: Ninguém em Casa (Prod. Conductor)
15. Tekilla e Kulpado - Raw Shit



Bónus - Nada Muda (Vídeo Clipe)

No Major Babes Volume 2 (Caffeine/Paradoxx, 1994)


E aqui está o segundo e derradeiro volume da coletânea No Major Babes, dessa vez trazendo mais bandas que marcaram época e deixaram seus nomes registrados na história da música independente nacional, entre elas DeFalla, Pavilhão 9 e Garage Fuzz, chega no confere e aproveite a viagem..


01. DeFalla "Everybody is in the place"
02. Muzzarelas "Macho man"
03. Adventure "The way i fell"
04. Pavilhão 9 "Manos errados"
05. Yo Ho Delic "Edge of insanity (new form)"
06. Okotô "Gorda"
07. Pin Ups "Stabbin'"
08. Mickey Junkies "Waiting for my girl"
09. Happy Cow "Matches and cigarettes"
10. Beach Lizards "Friction"
11. Garage Fuzz "When all the things (sounds the same version)"
12. Cold Turkey "Sweet dreams"
13. Sonic Disruptor "Swerve me"
14. brincando de deus "Tweedledum..."
15. Pelvs "Uterine Ana Luiza"
16. Los Fantomas "Wackened"
17. Caracol "Fala vagabundo"
18. DeFalla "Everybodys is in the place (Inter mix)

Disponível na íntegra via: YouTube.

Créditos:

No Major Babes Volume 1 (Paradoxx/Cafeine, 1994)


"No Major Babes Volume 1" é uma coletânea com 17 bandas de 5 estados e de vários estilos em comum. Todas na época com demo tapes embaixo do braço, algumas até carregavam um primeiro disco independente, em busca de espaços para apresentar e distribuir seu material. Eram nomes fáceis em fanzines, um veículo que ajudou muito a promover a revolução nos porões.


Inclusive essa coletânea é uma das responsáveis por nos revelar nomes hoje lendários como Thaíde & DJ Hum, Gangrena Gasosa, Black Alien & SpeedfreakS, Planet Hemp e Ratos de Porão, ouve aí..

01. Ratos de Porão "Videomacumba"
02. Gangrena Gasosa "Araizé (Puro Suco da Maldade)"
03. Virna Lisi "Até que enfim"
04. Second Come "Violent Kiss" 
05. Dash "Sexy Lenore" 
06. Concreteness "Squiting look (zemba)"
07. Volkana "I Love Rock'n'Roll"
08. Safari Hamburguers "Shelter of a fool"
09. Planet Hemp "Puta disfarçada"
10. Black Alien & SpeedfreakS "Hit Hard Hip-Hop"
11. Low Dream "Treasure"
12. Killing Chainsaw "Evisceration (No Major Version)"
13. Make Believe "One of a kind"
14. Brother Rapp "Blackman"
15. Intense Manner of Living "Change The Verbs"
16. Tube Screamers "Seizure"
17. Gangrena Gasosa "Araizé (Puro Suco do Remix)"
18. Thaíde & DJ Hum "Pânico em SP" (Part. Clemente)

Disponível na íntegra via:YouTube.

Créditos:
Disco Furado

Pixador (São Paulo, 2000)


O documentário Pixador é uma aventura de criação onde diversos olhares se encontram e se misturam compondo um vídeo caleidoscópio que trata do fenômeno da pixação. 

Ao dar voz aos pixadores e mostrá-los em ação, o filme procura dar uma dimensão estética e ética para a expressão de uma juventude considerada suja, bárbara e indesejável pela mídia, descortinando o olhar que estes jovens lançam sobre a população. 


O documentário visa abrir um espaço para o diálogo, em busca do entendimento das relações que o pixador estabelece com o meio ambiente urbano, enquanto indivíduo/autor. Sua relevância está em se oferecer como espelho de seu tempo, onde a sociedade civil pode reconhecer através desta expressão juvenil os sintomas de suas contradições.

Ficha Técnica:

Fotografia: Christian Saghaard
Edição: Eduardo Kishimoto e Guiomar Ramos
Edição de som: Eduardo Kishimoto
Assistente de Direção: Gejo
Still: Carolina Andrade, Guiomar Ramos e Márcio Harum
Pesquisa: Guiomar Ramos
Consultoria: Rosa Goldgrub
Técnico de som: Márcio Yonamino 
Produção e direção: Guiomar Ramos

A Letra e o Muro (São Paulo, 2002)


Este documentário sobre as pichações em São Paulo procura desvendar o que normalmente é tido como mera sujeira ou vandalismo. 

Por trás dos rabiscos espalhados por toda a cidade existe uma imensa rede de sociabilidade envolvendo jovens de diferentes periferias. A pichação, além de um complexo mecanismo de comunicação, é também uma forma de expressar a revolta e indignação com a falta de perspectiva do jovem pobre.



Ficha Técnica: 

NTSC, cor, 33min, 2002
Pesquisa, roteiro, fotografia, edição e direção: 
Lucas Fretin

Imagens de São Paulo:
Andrea Barbosa

Assistência de câmera: 
Marcelo Pitombo

Realização: 
LISA - USP

Apoio: 
FAPESP

Destaques:
. Menção Honrosa no 6º Festival do filme Documentário e Etnográfico Forum doc. BH, dezembro de 2002 - Belo Horizonte, MG
. Prêmio categoria video-cinema no Projeto Nascente 2002 USP.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Enquanto 1 Sol Olhar - Ampulheta (Malandrinhação, 2019)


O ano nem bem começou e já tem mais novidades rolando, alguém aí já ouviu E1SO, também conhecido como: Enquanto 1 Sol Olhar? 


Esse é o fruto da parceria entre Lheo Zotto e Lucas Grilo, escolas diferentes em prol de um bem comum, a música liberta do ego e da busca cega pela fama, Ampulheta deixa um tema interessante para refletir, se ligaê..


Ficha Técnica:

Letra: Lucas Grilo e Lheo Zotto
Produção musical, gravação, mix e master: Lheo Zotto/Malandrinhação
Baixo: Jessica Valeriano
Foto: Fabio777/Trashimagens

+info:

#E1SO

Parteum - MMXIX


O ano não começa sem uma dessa, obrigado Parteum!
Feliz ano novo à todos vocês..