segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lola Salles - Medo (Clipe)

Direção: Gregori Bastos

Com um flow bem diferenciado Lola Salles baila no beat hipnotizante de REEO Mix e nesse bailado o tema abordado é o Medo e algumas das faces com que o medo se apresenta, sente aí...

Direção Musical e Gravação: 
TerrorDosBeats

Mixagem e Masterização: 
Arthur Luna

Instrumental: 
REEO Mix


+info:


Letra: Medo

(Verso 1)

Falsos adimiradores
" diz " que nos amam na cama
mas querem ser nossos senhores
em papos clichês ostenta tua grana
juram amores eternos de uma semana
leve tuas flores pro inferno
e foda-se tua fama
desculpas, status,
ervas, plantas, tuas gramas
sai pra lá seu mandado
com esse papo de primeiro as damas
se tu associa mulheres a camas
a opressao é um véu
transparente e adocicado num discurso de mel
querem minas sem cismas, soltas
desinibidas pra vida é o que buscam
mas se assustam com as bem resolvidas
que não podem ser contidas
na lista das que tu usa
apenas muleques
imaturos, sem créditos
que por serem inseguros
de boatos são adeptos
não verificam os fatos
confiam nos comédias
acho um tédio tua lábia
é falha tua tática
é uma lástima ter tanto garoto
com aval pra pilotar um corpo
se atrapalham todo 
usar a máquina com negligência
faz perder o jogo
falta de prática aliada a falta de inteligência
é fogo, é foda, é fogo, é foda
falsos!

(Refrão)

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Caiu no meu conceito
Vai me procurar 
Não tem mais jeito

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Deve ta com medo
Hoje eu te faço de brinquedo

(Verso 2)

Eu já falei , não me sustenta
é lei
não arrumar increnca
com os perdidos que eu dei
sei o que inventam
por onde andei
mas que me pertençam
meus passos, meu bem
sei de onde venho e não sou de ninguém
nem vem, não é assim que se lida
quer atingir a mim
tá mal, filin
tão fácin
perdidin na vida
e isso me irrita
eu já nem olho, mesmo repertório
confuso e pouco claro
mas pensei, te ouvir de novo eu topei
sempre bom rir de um otário
que se acha o pica
o que vejo é contrário
tu me critica
pra você é tão fácil
não tem hormônios agindo como demônios deixando teu humor instável
é considerável meu esforço 
não é pouco
pra não voar no teu pescoço
torço
pra não causar esse desgosto
teu rosto assim exposto
sem máscara, tão tosco
ainda é cedo
pede pra eu abaixar meu dedo
maneirar na ignorancia
entao pode vir meu brinquedo
já que me acusa de nao ter saído da infância
quer contrato, 
que eu dê minha palavra
promessas que eu desfaço 
quando a noite acaba
mas não se engane, baby
é lama
eu controlo o game
não teime 
tua acha que reina mas treme

(Refrão) 

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Caiu no meu conceito
Vai me procurar 
Não tem mais jeito

Não vou mais te escutar
Não somos mais crianças
Vai desperdiçar minha confiança
Você não quer me escutar
Deve ta com medo
Hoje eu te faço de brinquedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário