segunda-feira, 30 de junho de 2014

DonCesão - Bem Vindo ao Circo (2011)


Uma visita ao Circo cheia de surpresas, é nesse clima em que se desenrolam as tramas e os temas que DonCesão escolheu para seu segundo disco intitulado "Bem Vindo ao Circo", além de participações brilhantes e a produção instrumental feita sob medida por DJ Caique, ouve aí essa pedrada...

DonCesão - Bem Vindo ao Circo (2011)

01. Bem Vindo Ao Circo (04:27)
02. Bilheteria (05:04)
04. O Despertar Do Mágico (04:27)
05. O Equilibrista (04:45)
06. Fogo (01:41)
07. Cego, Surdo, Mudo part. Elo Da Corrente (04:17)
08. ZOOado (Bicho-Homem) (04:31)
09. Atirador De Facas part. Shaw (03:36)
10. Homem Bala part. Mi (Gloria), Pizzol e Dr. Caligari (04:28)
11. Domador De Leões (04:05)
12. Ilusionista (Ela) part. Elliot (Gloria) (Prod DJ Caique e Peres Kenji) (04:12)
13. Applebum (03:58)
14. Amor Perdido (Desilusão) (04:33)
15. Palhaço De Cara (03:42)
16. O Show Já Terminou part. Ogi e Rodrigo Brandão (05:30)




DonCesão - Bilheteria (Clipe)


DonCesão - Ilusionista part. Elliot Reis e Peres Kenji (Clipe)

+info:


domingo, 29 de junho de 2014

M.R.N. - Só Se Não Quiser Ser... (1994)


M.R.N. é a sigla para Movimento e Ritmo Negro, grupo formado pelo trio Nill, Júnior e Fresh.
  
Este obviamente não é um lançamento, é talvez um dos mais antigos que resolvi postar neste blog mas pra mim este àlbum tem muita importância pois foi fundamental para minha formação pessoal, foi com base em algumas músicas contidas neste disco que fui compreendendo muitas coisas à minha volta, tanto boas quanto ruins, e definitivamente "Noite de Insônia" é pra mim um dos melhores Rap's já escritos no Brasil, ouve aí...

M.R.N. - Só Se Não Quiser Ser... (1994)

01. Abertura (00:18)
02. Charles Baby Brown part. Dago e Edu K (05:52)
03. Noite de Insônia part. Vânia (07:07)
04. Eles Não Sabem Nada (04:33)
05. Como Ela Pode Viver Assim (05:22)
06. Porque Somos M.R.N. part. Kuryna e Peter Muhammad (05:16)
07. SL (Um Dependente) (06:00)
08. Um Dia de Cão (04:43)
09. Noite Passada (05:23)
10. Um Dia de Cão (Remix) (04:42)
11. Magnólia (Diss) 06:35)

Bônus Track:

12. Noite Passada (Versão 90) (05:03)



Todas as músicas editadas pela Zimbabwe

Produção Musical:
M.R.N. e Edu K

Arranjos:
Edu K

Mixagem:
Bruno E e Wander Carneiro

Gravação:
Wander Carneiro no Atelier

Capa:
DJ Vlad

M.R.N. - Noite de Insônia (Ao Vivo) 

Show realizado no Vale do Anhangabaú em comemoração aos 300 Anos de Zumbi, gravação exibida pelo programa YO! MTV Rap's em pleno ano de 1995.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Cachorro Magro - "BANG!" (Prod. TropKillaz) (2014)


BANG! é o primeiro Clipe e o terceiro single do álbum O Inferno do Cachorro Magro (O EP do Vilão), a grande surpresa é que desta vez a produção instrumental está por conta não apenas de Laudz mas também do Zé Gonzales, juntos eles formam o duo TropKillaz.


Pra quem entende do que se trata a ideia abordada em BANG! este vídeo clipe vai ser piração...


LETRA: "BANG!"


(Verso 1)

48 horas acordado, isso é "Cachorro Magro fitness?"
Sem carteira assinada, isso é "Cachorro Magro Business" 
Meu mano Michael Douglas fez o clima ficar Disney
No fim deixa uma lombra, tá tranquilo! Já é de lei.
Arregado numa noite, miséria no dia seguinte
O que mata é esse intervalo entre as noites que tem requinte.
O inferno vem de brinde! junto com a rebordosa
Ahh me traz mais outro drink que a vida fica daora e...
grana no meu bolso vai, eu quero é mais que a vida vem
faço os meus corres não tenho que aturar merda de ninguém
Falam em uma crise, mas quantos anos minha crise tem?
Crise é o Caralho meu braço, eu sou o tipo que "vive em"!!
Chama os manos pruma boa em plena domingueira
Deus bota umas gatas gostosas antes da saideira
e eu já falei que a gente brinca, mas não é brincadeira
as jogadoras, as baladeiras loucas pra fazer besteira
pois vivemos em dor, e sem pudor é bem melhor
seu "Lexotan", sua "DDA", a high Society fede a pó!!
A minha mente, não sente! podia ser mais perfeito?
To tentando me lembrar da minha vida, mas não posso....porque está rolando um Ice-O-Lator.


(Refrão)

"Óh que BANG doido" (8X)


(Verso 2)

Rolé doentio, igual a um aidético, olha essa farmácia?! 
elas querem brincar de médico, eu as observo cético
sem moral nenhuma igual um celular sem crédito
Eu sou do "CHORA AGORA"igual o meu Cartão de "DÉBITO"
E tudo bem! pra mim está bom se é o que te parece
Sensação de que vocês são um lixo, a gente se merece!
Eu quero luxo pra suprir algo que em mim carece
e nego! eu quero tudo, agarro tudo quanto aparece
e o Kunk é o baque, podia ter um whiskey se eu fosse mais Kojak
Só que eu prefiro Conhaque!
A noite é igual um filme nesses meus olhos Kodak
Ela acha que eu estou drogado, disse a coroa do Prozac...
Acho que sim pela pupila e a minha urina verde
vai! Checa na fila "anos 70" se nego já teve.
Ninguém tá com água colorida porque está com sede.
Cs não viram a Era dos sintéticos, é 2013.
Calaquente, Calafrio, calafrio e calaquente
A mina trincando os dentes no balanço do navio
Achou que a onda não vinha, só que veio derrepente
Deve ter sido uma série, foi um soco na tua mente!
Pediu pela água desmaio iminente, quem tudo quer, se tudo tem....
"Começou a se debater, geral aglomerando pra ver, eu não sei o que fazer!"


(Refrão)

"Óh que BANG doido" (6X)

hummmmmm......BATEU!


Cachorro Magro - BANG! (Prod. TropKillaz)
Direção: Vandalo

+info:

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Cachorro Magro - "Late Igual Cachorro" (Prod. Laudz) (2014)


Segundo single do trabalho intitulado "O Inferno do Cachorro Magro" (O EP do Vilão). 


A Música narra a primeira aparição do alter-ego de Shaw em forma de manifesto, autointitulada de Cachorro Magro e que representa a parcela mundana da personalidade de Shaw.


LETRA: "Late Igual Cachorro"

Há!

Sai do meu caminho, porra
A paciência é muito pouca, nego

(Refrão)

Late igual cachorro, morde igual um monstro (x4)
Já que tá tudo errado(x4)
Late igual cachorro, morde igual um monstro (x2)


(Verso 1)

Falaram Super-Homem, alguém gritou Bill Gates
Sei lá, pensei muito mais naqueles cara do skate
Padre falou "Batista", geral pensou no Eike
Rap, essas gatinhas acham que essa porra é milk shake
Vem que vem de Marlon Brando, vai ser o mais lombrado
Mexa comigo e ouça um: "foda-se teu arrombado"
Irmão, foi mal! Você ficou perturbado?
Não entrei no rap pra ser o mocinho perfumado (Hahaha)
E geral vem falar o ruim que eu sou
Seu filho nem me escuta, ele é só game e site pornô
Essa acusação é injusta, esse caô tem perna curta
Só falei das vagabunda, na puta o pai que levou
Sociedade a ruir, quem vem me adular?
Difícil consumir tudo de errado! pode imaginar?!
Abre logo esse jornal não vai impactar
Talvez iludir, não me pergunte de que lado tá
Todo mundo só diz eu, mó abuso, eu fico fulo
Até que eu faço vagabundo dizer sim
Não fica com cara de luto, se tu não fosse um babaca
Esse mundo não tinha que ser assim.


(Refrão)

Late igual cachorro, morde igual um monstro (x4)
Já que tá tudo errado(x4)
Late igual cachorro, morde igual um monstro (x2)


(Verso 2)

Eu falei muçulmanos, não ataques recentes
Quando eu falei Jesus a criança gritou: "PRESENTE"
Cristãos veneram a cruz, cruz fecham com os Fariseus
Ainda negociando dentro do templo de Deus? (Hein?)
Então escuta essa minha trama
O meu drama, já tentei, mas não consigo tratar menina igual dama
Elas tentam fazer joguinho igual elas fazem com o Zezinho
Quando tu souber o que quer, você me chama
Eu valorizo os irmãos, é uma mafia
Guerreiros com tarefa e vida insana
Todo mundo quer respeito, nem todos fazem direito
Suas vadias saiam primeiro da lama
Sou o lado ruim (escondido) do seu verdadeiro ser
Solta quando precisa, chefe, pode um verdadeiro ter?
Há, faça logo a escolha, antes que eu estoure bolha
Não aceito conselhos! Geral ta rezando em voz alta e pecando na encolha
E o certo sofre sempre sentido salvar você
Que só quer cifras, safras, sombras sei que vão sondar você
Não siga sombra! Eu sou supra-sumo do seu sofrer
WOOF! Igual cachorro, igual monstro na hora de morder


(Refrão)

Late igual cachorro, morde igual um monstro (x4)
Já que tá tudo errado(x4)
Late igual cachorro, morde igual um monstro (x2)


FICHA TÉCNICA:

Produção: André Laudz
Letra: Cachorro Magro
Intérprete: Cachorro Magro
Gravação: 2F nos estúdios da U-Flow
Foto: João Gabriel Salomão
Lobo: Primatone


+info:

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Cachorro Magro - "FIM" (Prod. Shaw) (2014)


FIM é a música de abertura do álbum: "O Inferno do Cachorro Magro" (O EP do Vilão) feito em parceria com o Produtor/Beatmaker curitibano Laudz.

LETRA: "FIM"

(Intro)

Game-Over......Fim.......ouça o meu lamento..... Ces't la Vie (É a vida)

(Poema)

"As vezes eu faço de tudo para não lembrar e seguir vivendo, mas no menor descuido eu lembro e o coração fica pequeno. Ô dó! o coração devia servir pra bombear o sangue e só"


(Verso 1)

Amor eu daria tudo que eu tenho só pra voltar no tempo
Eu seria sortudo se eu morresse de arrependimento
A vida conspira! 
Eu tinha que viver, eu perdi meu bom senso
Pra mim foi suicídio princesa, porque eu morri por dentro
Escuta o meu lamento:
Eu vi algumas mulheres que era nota dez
Só que nenhuma delas chegava aos seus pés
Nem no estilo, no beijo, na cama ou no cheiro
Só mesmo contigo eu assino os papéis
Mesmo com praia é sempre inverno
E todo dia meu me parece o inferno
Eu disse que era eterno, que era até a morte, eu morri!
Tá vendo como era sincero?
Rezo que peça que eu fique, cê sabe que era de verdade
Impedimos o apocalipse, somos a fé na humanidade.
E eu sei que eu vacilei! 
Mas nêsa, é tanto amor que eu sinto por você mulher,
Que não tem nem aonde pôr...
...Óh!...Nasceu o Cachorro Magro porque sem você o Shaw eu já não sou.
Mina, você é minha morfina. vem! acaba com essa dor!
É! o Cachorro me matou, mas eu não morro em vão
porque você matou o Cachorro, ele também tem coração!


(Refrão)

Eu vou te perder...Não dá pra vencer
Eu tentei voltar...mas você disse não
E eu fiquei sem chão...não teve perdão
Eu te fiz chorar...
Eu vou te perder...Não dá pra vencer
Eu tentei voltar...mas você disse não
E eu fiquei sem chão...não teve perdão


(Verso 2)

Meu amor eu daria tudo que eu tenho pra limpar toda mágoa
Voltar aos bons tempos de paz, mas já passou tanta água
Como pode me olhar e não me reconhecer?
me vê te olhar, com olhar de quem quer sempre te conhecer
Lembra o que eu tenho de bom? Não! E o que eu tenho de ruim Sim?
Se eu tenho algo de bom. Não! ou só tenho de ruim? Sim!
Pois maior sacrilégio é negar que se esteve no céu...
E abelha o céu é nóix!
Pedia pra Deus que parasse o tempo porque eu não queria que Houvesse um após
Só vivendo de brigas em brigas e tolas intrigas
Princesa eu quero o que é melhor pra sua vida
Se fiz o que fiz, não foi só porque quis, eu te quero feliz!
Só não sei qual saída.
Também tô tentando entender tudo isso que trouxe a gente aqui
Mas é como se não existisse um motivo 
Vivemos e erramos correndo por si
Hoje eu carrego uma chave e não há porta para abrir
O que adianta tanto amor se não nos permite cair?
Por isso eu tive que partir, porque a gente merece mais
como posso permitir que sabote a nossa paz?
Eu vou te perder...Não dá pra vencer
Eu tentei voltar...mas você disse não
E eu fiquei sem chão...não teve perdão
Eu te fiz chorar...
Eu vou te perder...Não dá pra vencer
Eu tentei voltar...mas você disse não
E eu fiquei sem chão...não teve perdão
FIM.


+info:


Muito antes do Cachorro Magro eu já adimirava o trabalho do Shawlin, tanto como MC quanto como Produtor e após tantos trabalhos e participações que ouvi, não me surpreendi à ponto de deixar de gostar do som do cara.

Cachorro Magro é realmente uma proposta diferente do que estávamos acostumados no que se trata do Rap feito pelo Shaw, ainda mais por ele optar pelo Trap, eu pessoalmente não aprecio o Trap, mas abro uma excessão para este trabalho que acompanho desde o começo.

Convido à todos que assistam essa entrevista que Shawlin cedeu para o Programa Flow, talvez alguns continuem torcendo o nariz mas provávelmente alguns mudarão sua maneira de encarar essa mudança no trabalho do Shaw.

FLOW com Shawlin
Realização: Flow Produções

Pachá - Psycho Rules (Prod. Mestre Xim)


Psycho Rules é o primeiro single do EP: A Anomalia, segundo trabalho do MC Pachá, sucessor do excelente "Manuscritos da Alma", este EP foi produzido, gravado, mixado e masterizado no estúdio MUB records por Mestre Xim, ainda sem previsão de lançamento, mas basta ouvir essa track pra perceber que essa parceria rendeu...

LETRA: Psycho Rules

(Refrão)

Quantos ficaram. Entre as regras
Severas. Implore pelo fim

Tantos ficaram às cegas
Enquanto encontravam seu lado Ed Gein

I wanna hear the scream
(Eu quero ouvir o grito)

Begging for help on the bloody touch screen
(Implorando por ajuda no "touch screen" ensanguentado)

Não encontre meu limite. Eu disse 

Don't Pass the crime scene
(Não ultrapasse a cena do crime)


(Verso 1)

Dentro 
Da minha atmosfera densa 
Resgate sua crença, doença
Sinta em mim o sabor da vingança
Em seu estado arcaico

Dentro 
Dessa crua história de ofença
O empate é sua crença 
Lambo o sangue da ponta da lança
Kill them. I'm a fucking Psycho
(Mate-os. Sou a porra de um psicopata)

Tanto sangue nesse inferno pra lavar  
Baseado em Dante. Sou ódio delirante
Inimigos são 
Restos mortais num mosaico

Ninguém tão punk que não vá agonizar
Com a voz de Ted Bundy. Nesse instante
Me sinto tão Myers quanto Michael

Eu sou 
o estranho em tempos de caos não propícios pra blefar
Boca selada, olhos fixos
No aguardo de um boçal testar

Damm 
My blood isn't cool
I'm on a bad mood
Psycho Moves
Psycho with own rules

(Meu sangue não é "legal"
Estou num péssimo humor
Movimentos Psico
Psicopata com suas próprias regras)


(Refrão)

Quantos ficaram entre as regras
Severas. Implore pelo fim

Tantos ficaram às cegas
Enquanto encontravam seu lado Ed Gein

I wanna hear the scream
Begging for help on the bloody touch screen
Não encontre meu limite. Eu disse 
Don't Pass the crime scene.


(Verso 2)

Vivo inquietado pra que o corpo não entregue
A sombra acoplada ao desejo de que um torpor navegue
Me negue doses de alma. E amassa
Sou diretor do clube de caça a sua raça
Bem vindo ao Albergue

Eu vivo um dia de Taxi Driver sinto a mente de Scorcese
Sem magaiver que impeça o massacre de bispos e respectivas dioceses
Vejo em olhos de Stanley o mecanismo das laranjas
A morte é um negócio, se não tem cú... Don, tem quem arranja

Bang... Vejo um fator dominante
Indômitos obcecados em fazer cair farsantes
Vivo A falange, com ódio e o que ele abrange
O meu cutelo depende de ti, te mostro o que é ser ignorante

Anti-social na social do seu glamour satã
Se posicione não questione meu amanhã
Sou filósofo serial e talibã
Entenda em meu olhar brutal aqui tua simpatia é vã...


(Refrão)

Quantos ficaram entre as regras
Severas. Implore pelo fim

Tantos ficaram às cegas
Enquanto encontravam seu lado Ed Gein

I wanna hear the scream
Begging for help on the bloody touch screen
Não encontre meu limite. Eu disse 
Don't Pass the crime scene.


+info:

domingo, 15 de junho de 2014

Gilber T - Dia Incrível (2014)


Em 2014 Gilber T retorna com "Dia Incrível", contando com vídeo clipe homônimo e ainda as participações de peso de Gerson King Combo e De Leve, neste disco Gilber mostra todo o seu talento como multi-instrumentista e produtor, misturando estilos como Folk, Funky, Rock, Rap e Reggae, o resultado ficou muito bom, sente o som...

Gilber T - Dia Incrível (2014)

01. Dia Incrível (03:57)
02. Estado alterado (03:32)
03. Constância (03:20)
04. Reféns (03:46)
05. Todo o universo (03:43)
06. Dorme em paz (04:31)
07. Em meus planos (03:11)
08. Vc é de mim (03:31)
09. Chances (03:11)


Gilber T - Dia Incrível (Clipe)

+info:

Gilber T - Eu Não Vou Morrer Hoje (2010)


Gilber T é um artista natural de São Gonçalo que iniciou sua carreira com a banda Tornado na cena underground brasileira dos anos 90.
Em 2010, lançou seu primeiro disco intitulado "Eu Não Vou Morrer Hoje", com uma mistura bem costurada de Rap, Hip Hop, Pop Rock, Rock n’ Roll e muito mais...


Gilber T - Eu Não Vou Morrer Hoje (2010)

01. Se Você For (03:17)
02. Epifania (00:43)
03. Tenho Uma Bomba (03:21)
04. Hey. Menina (03:24)
05. Bel2604 (03:23)
06. Silêncio Hola part. Luciana Lazulli (03:45)
07. Eu Não Vou Morrer Hoje (03:21)
08. Alameda São Boa Ventura part. SpeedfreakS (03:38)
09. Eu, Você e Suzie (02:38)
10. Seu Amor É Suicídio (04:25)
11. Numsobranada part. De Leve (03:55)
12. U.T.I. part. SpeedfreakS, De Leve e Rabú Gonzales (06:08)



+info:

sábado, 14 de junho de 2014

Pharrell Williams - GIRL (2014)


Está aí um disco que eu jamais imaginaria que poderia gostar, ouvi e gostei, resolvi compartilhar pois se trata de um disco extremamente relaxante, é dar o play e ficar numa relax, numa tranquila, numa boa...

Pharrell Williams - GIRL (2014)

01. Marilyn Monroe (05:51)
02. Brand New feat. Justin Timberlake (04:31)
03. Hunter (04:00)
04. Gush (03:54)
05. Happy (03:53)
06. Come Get It Bae feat. Miley Cyrus (03:21)
07. Gust of Wind feat. Daft Punk (04:45)
08. Lost Queen (07:56)
09. Know Who You Are feat. Alicia Keys (03:56)
10. It Girl (04:47)


Pharrell Williams - Happy (Clipe)

Savave - Regras Do Jogo part. DonCesão (Prod. Nave)


Savave é um duo de Rap curitibano formado pelos MC's e Produtors Nave e Pródigo e nesta track dissertam sobre Quais são as Regras Do Jogo com a colaboração acima da média de DonCesão, confere aí...


Savave - Regras Do Jogo part. DonCesão (Clipe)
Direção e Edição: 
Rasputines Estúdio

+info:

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Gaspar, O Ilícito - EP ILEGAL MIX (2014)


Lançado pelo Selo Elemental/Facção Fuzil Atômico esta é uma prévia mixada do EP ILEGAL primeiro trabalho solo do MC Gaspar a.k.a. O Ilícito do grupo Z'África Brasil, este trabalho vem com batidas dançantes, uma fusão alucinante de ritmos e poesia de primeira qualidade afiada em sintonia fina com a boa musicalidade. 

Gaspar, O Ilícito vem acompanhado de ilustres participações, entre elas, os poetas e MC's Dugueto Shabazz, Kennyaatta e Juninho DTS, as MC's Amanda Negra Sim e Supa Flá além das produções de nomes do calibre de DJ Hum, Erick 12, DJ RM, DJ Bola 8, DJ Dri e Eazy/CDA de Belo Horizonte/MG. A arte da capa ficou por conta do dançarino e grafiteiro 3D da família Back Spin Crew, sente aí o resultado dessa prévia pesada...


+info:

terça-feira, 10 de junho de 2014

Hurakán - Desconstrução (Part. Gui Miúdo)


Saudações! 
Longe de mim querer fazer comparações mas se você se amarrou no vídeo do Criolo fazendo sua versão para Cálice com certeza vai passar mal com Desconstrução que é uma interpretação de Hurakán para Construção, composição das mais emblemáticas de Chico Buarque homônima ao álbum lançado por ele em 1971.

Sente o peso da escrita de Hurakán. 


Curitiba, 2014

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Kayuá - EP: Vir do Nada me Faz Querer Tudo (Vol. 1) (2014)


Kayuá - EP: Vir do Nada me Faz Querer Tudo (Vol. 1) (2014)

01. Vir do Nada me Faz Querer Tudo (03:47)
02. O Que Eles Pensam part. Thiago Akil (03:52)
03. Girando Capital part. Efidoisele (03:47)


+info:

E não é só isso, além do EP pesado, Kayuá também acaba de lançar o video clipe homônimo de VDNMFQT...


#VVAR

Vespas Mandarinas - Animal Nacional (2013)


Está aí uma banda que gostei pra caramba, não tem nada à ver com rap nacional que é o forte deste blog mas resolvi postar assim mesmo, espero que curtam tanto quanto eu.


01. Cobra De Vidro
02. Não Sei O Que Fazer Comigo (Ya No Sé Qué Hacer Conmigo)
03. Santa Sampa
04. O Amor E O Ocaso
05. O Vício E O Verso
06. A Prova
07. Só Poesia
08. O Inimigo
09. Um Homem Sem Qualidades
10. Rir No Final
11. Distraídos Venceremos

Disponível para audição na íntegra via: SoundCloud.

Cobra De Vidro (Vídeo Clipe)

Não Sei O Que Fazer Comigo (Vídeo Clipe)

Santa Sampa (Vídeo Clipe)

+info:
Facebook

Marcello Gugu - "Milagres"


Marcello Gugu trata de maneira realmente única o lado mais oculto e inquietante do universo feminino, isto é, "MILAGRES" aborda de maneira profunda como um corte a desigualdade e a indiferença com que o mundo trata a causa feminina como um todo, pois não disserta apenas sobre um fato isolado.

É como um dossiê que atravessa pouco mais de um século de torturas e sacrifício humano em prol da importância da emancipação feminina. "É um dia reflexivo e deve ser lembrado na sua essência: é o dia da luta pela independência das mulheres", ele afirma.


LETRA: "MILAGRES"

Dizem que virgens que choram sangue são consideradas milagres, então posso deduzir que a filha da minha vizinha deve ser santa, pois sangra de três a quatro vezes cada vez que o padrasto a toca. Ela tem 9 anos. Nenhuma igreja quis canonizá-la. Ninguém acreditou nas historias delas

O medo costurou seus lábios com linhas feitas de vergonha e confusão e ela que adorava a Disney se transformou na princesa Anastácia

Seu silêncio era uma burca. Tão brutal quanto mutilação genital. Ela era Asha Haji Elmi e sua libido foi cortada centímetro por centímetro com um caco de vidro

O bicho papão existe. E morava no quarto ao lado e cada vez que via seu padrasto se aproximando era Emily Davison vendo o cavalo do rei Jorge V no Derby Epson Downs. Seu voto era por castidade e ela se jogaria na frente do animal sem pensar

Cada vez que ele a tocava, seus músculos em espasmos se transformavam em um prisioneiro de Auschwitz e escreviam em sua carne: se existir um Deus, quando eu chegar no céu, ele terá que me pedir perdão de joelhos

Cada vez que chorava, era Hasnah Mohamed Meselmani e suas lágrimas de cristal refletiam todas as mulheres que já quiseram ser um copo de cerveja, ao perceberem que essa era a única coisa que seus parceiros seguravam com carinho

Às vezes pensava que Deus e a Morte estavam jogando baralho, pois nenhum dos dois lhes dava atenção quando ela os chamava

Jack, o Estripador teria mais compaixão. E se morrer significasse esquecer, sua paz seria uma amnésia eterna

Ela gostava de maquiagens, por isso, viu o punho do seu padrasto pintar em seu rosto sombras em tons de lilás que nem Djavan imaginou quando escreveu a canção. A cor púrpura foi inspirada em seus hematomas. Alice Walker vivia em suas cicatrizes

Sua esperança era Waris Dirie e queimava em seu peito como pontas de cigarro. Era uma flor no deserto, cujo olhar foi Abeer Qassim Hamza na frente dos 5 soldados americanos, que a transformaram numa nota de rodapé nos autos dos crimes de guerra. “Ninguém perguntou, nós não falamos”. Iraque devia ser seu quarto, pois nada do que aconteceu lá o mundo ficou sabendo

Suas unhas eram teboris, com elas criou verdadeiras obras de arte na tentativa de arrancar da pele o cheiro do seu padrasto. Seus sonhos, tratados como as bruxas de Salem na inquisição queimavam como o edifício Joelma e ela sabia que havia perdido mais um pois, por dentro, queimava como fogo e por fora pingava denso como cera de vela

Ouvir sua voz era quase o mesmo que ver Helen Keller brincando de soletrar, sua tristeza era tão grande que era como se as palavras fossem pingos de tinta diluídos num copo cheio de lágrimas. A mágoa diluiu tanto seu timbre de voz que suas cordas vocais tiveram que aprender a linguagem dos sinais

Mas cada vez que falava não! era como se Joana D'arc berrasse ao mundo a historia das irmãs Mirabal no meio da Marcha das Vadias, era o coro das Las Mariposas contra Trujilo e era Rosa Parks se recusando a se levantar dentro do ônibus Montgomery

Cada vez que dizia não! era Nisia Floresta escrevendo conselhos a minha filha, era Madonna e Valesca Popozuda cantando sobre liberdade sexual da forma mais explícita possível e 400 mulheres no Miss América queimando seus sutiãs

Mas, numa paz talibã, cada vez que dizia não! seu coração, que era Maria da Penha, se transforma em Amina, a afegã, e o apedrejamento foi inevitável

Cada tapa soava como as trancas das portas da fábrica de tecidos Cotton, e hoje, 8 de março ela morreu sufocada

Silencio não é consenso. Sua história se repete em outros corpos, em outras casas, em outras comunidades

Ela é a jovem indiana condenada a ser estuprada pelo crime de se apaixonar. É a garota de Nova Deli que foi violentada num ônibus e atirada dele em movimento em 2012. Ela é uma saia mais curta e a idéia imbecil de que o estupro é ou foi culpa dela. E ela é as vítimas de violência doméstica, cujo as queixas morrem como as mesmas, em silêncio, na sombra do esquecimento e beirando a inexistência

Entender o feminismo é mais do que entender que uma mulher é estuprada a cada seis minutos, é mais do que entender que a cada 18 segundos uma mulher é espancada ou que três em cada quatro mulheres serão vítimas de pelo menos um crime de violência durante a sua vida

Entender o feminismo é entender que algumas mães fazem papel de pais por que um homem não foi homem suficiente. É entender que o termo sexo frágil só seria utilizado se vasos de porcelana transassem e que a cólica da TPM é uma dor reflexo causada pela postura curvada que vocês ficam por muitas vezes carregarem o mundo nas costas

Entender o feminismo é compreender que viemos de uma mulher. É respeitar a história de vida da sua mãe. É ver que mulheres são capazes de despertar a inveja em Shiva, pois o que fazem com dois braços, Shiva não faria com cem. É entender que a vida de cada mulher é uma luta e que a história de cada uma, poderia ensinar para as árvores sobre o que é ser raiz. Entender o feminismo é descobrir que machismo é o reflexo da insegurança do ego masculino e que impotência não é falhar como homem e sim como ser humano. É entender que roupa jamais definiu caráter e que, onde o não termina, não necessariamente começa o sim

Se Eva nasceu da costela de Adão e a costela existe para proteger o coração, feminismo é quando entendemos que essa causa é nossa, pois fomos feitos pela mesma mão. É quando a revolução tira a maquiagem e se apresenta como veio ao mundo: linda! E é quando entendemos que, se gerar vida é um dom divino e toda mulher é capaz de ser mãe, podemos deduzir que putas e freiras podem ser santas, afinal, aquelas que não derem a luz com seus quadris certamente o farão com seu coração!

+info:

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Big Filho & DJ K apresentam: Mixtape Storytellin Brasil Vol.1 (2009)


Alguém aí gosta de uma boa história?
Pois bem, o Hip Hop desde seu início é feito de boas histórias, em muitas das vezes o respeito por um Mestre de Cerimônias se mede pela sua técnica e criatividade ao retratar uma história. 


Storytellin é uma palavra em inglês, que significa a capacidade de contar histórias relevantes. Em inglês a expressão "tell a story" significa "contar uma história" e storyteller é um contador de histórias, mas vamos ao que interessa, essa Mixtape foi compilada por Big Filho em parceria com o DJ K e contém a nata do Storytellin da velha e da nova escola nacional e internacional, confiram...

Big Filho & DJ K apresentam: Mixtape Storytellin Brasil Vol.1 (2009)

01. Cláudio (Eu tive um sonho) - Thaide e DJ Hum
02. Onde está o Menino - MC Jack
03. Mano na Porta do Bar - Racionais MC´s
04. A Casa - Big Filho
05. 3 da Madruga - MV Bill
06. Véu (Remix) - Flora Matos
07. Cabeça Torta - Potencial 3
08. Pimpolho - RPW
09. O quê? - Big Filho
10. Children´s Story - Slick Rick
11. Black Steel in the Hour of Chaos - Public Enemy
12. 99 Problems - Jay-Z
13. Just a Friends - Biz Markie
14. Warning - Notorious B.I.G.
15. One Day - Jeru The Damaja
16. I Used to Love H.E.R. - Commom Sense
17. Stan - Eminem
18. Stepfather Factory - El P
19. Taco´s Day - Jean Grae

Bônus Tracks:

20. Tribunal de Rua - O Rappa
21. Futebol no Inferno e no Céu - Cajú e Castanha

De Leve - "Estalactite" (Clipe)


terça-feira, 3 de junho de 2014

Zorack - ZORACK ATIVADO! (Compilação) (2007)


Em 2007 juntei algumas faixas soltas que fui encontrando pela internet de um dos membros do grupo Ascendência Mista, pra quem não conhece este é Zorack e recomendo o confere em suas músicas solo e algumas de suas participações, com vocês: ZORACK ATIVADO!


01 Apesar dos Pesares part. Dominantes (04:29)
02 Negócios à Parte part. Espião, Matéria Prima e DJ Milk (03:05)
03 Escala de Valores part. Mascote (02:47)
04 Mundo Paralelo part. Projeto Manada (03:58)
05 Passou (02:39)
06 Loucura e Verdade (02:46)
07 Quanto part. Munhoz (03:40)
08 Caminho Oposto part. Contra Fluxo e R. Brandão (04:12)
09 Zorack Ativado part. Parteum e Bomba (04:09)
10 Vice Versa part. Munhoz e Venom (02:46)
11 Renovação part. Parteum, Munhoz e Espião (04:03)
12 Vários Caminhos part. Lumbriga, Prizma, Venom e Gato Congelado (04:49)
13 Entre Amigos part. Caio, Lumbriga e Gato Congelado (04:21)
14 Finalera All Stars part. Hurakán, Munhoz e Pitzan (02:33)


+info:

DZ Cuts - Zegon & Nuts (1999)


Diretamente do acervo de fitas cassete do DJ Erik Skratch veio à tona essa relíquia...

Erik adquiriu essa fita em 1999 na lendária festa carioca Zoeira Hip Hop enquanto Zé Gonzales tocava Marechal anunciava pra venda "a última fita", Erik comprou e 15 anos depois compartilhou este exemplar que é provavelmente o único existente.


Esse set contém o melhor do underground da época, alguns desses sons viraram clássicos e outros permanecem obscuros. DZ Cuts foi o melhor duo de DJs no Brasil em meados de 1999/2000.

01-Lado A (30:22)
Disponível para audição na íntegra via: YouTube.

02-Lado B (32:03)
Disponível para audição na íntegra via: YouTube.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Costa a Costa - Dinheiro, Sexo, Drogas e Violência De Costa a Costa 2006 | 2007


"Faixas extraídas da vida real dunego de 11/2006 a 04/2007".

Costa a Costa  - Dinheiro, Sexo, Drogas e Violência De Costa a Costa

01. Intro: No Melhor Lugar (03:02)
02. Enquanto Nun Vim (06:52)
03. Sô Função (Remix) (03:22)
04. Necessário (04:26)
05. Não é Fácil (04:26)
06. Vive Agora (Parte 1) (03:59)
07. Interlúdio: Pronto pro Jogo (00:39)
08. Jogo da Noite (04:39)
09. O Mundo é Nosso (Parte 1) (05:03)
10. Fé em Dobro (03:50)
11. Interlúdio: Do gueto pro gueto (00:58)
12. Justificativa (05:01)
13. Seus Olhos (03:51)
14. Mel e Dendê (Remix) part. Lívia Cruz (04:09)
15. Amar é Bom (03:29)
16. Interlúdio: Dunego (00:39)
17. Costa Rica (03:55)
18. Boa Noite Cinderela (04:15)
19. Ela Mexe (03:44)
20. Interlúdio: Dunego Ídolos (01:26)
21. Interlúdio: Cidade da grana (00:44)
22. Querem se Lombrar (03:48)
23. Vai Tomar no Cú, Falô!? (04:21)


Há uma matéria publicada no Overmundo que torna fácil até para o mais leigo assimilar este trabalho...

Costa a Costa - Costa Rica (Clipe)

+info: