segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Indigesto - Passando a Visão (Part. Nêga Lucas) (Prod. Goribeatzz)


Studio Setor orgulhosamente apresenta um trabalho digno de destaque especial, pois, após um hiato de musicas novas, Indigesto volta esbanjando originalidade nas rimas e flows, juntamente com Goribeatzz num instrumental desconsertante, formando um trio perfeito com a voz forte e encantadora da Nêga Lucas.


A música traz à tona uma percepção sobre mercado musical, referência, fazendo uma crítica ao momento em que a cena da música rap se encontra. Tudo isso com uma construção poética diferenciada e bom humor como de costume. A arte da capa ficou a cargo do talentosíssimo mito volta redondense Vitor Morais.

Disponível para audição na íntegra via: YouTube.

sábado, 26 de novembro de 2016

Matéria Prima - Feito de barro / Porque (2016)


Tudo o que esse cara lança me surpreende e não poderia ser diferente com 2 Atos: Feito de barro / Porque. Matéria Prima se sobressai desde as gravações sujas do início do Quinto Andar e o tempo tem lhe feito muito bem por sinal.



01. Feito de barro (03:47)
02. Porque (02:34)


Ficha Técnica:

Feito de Barro 
(Letra: Matéria Prima/Gui Amabis) 

Voz: Matéria Prima 
Bateria: Samuel Fraga 
Baixo: Regis Damasceno 
Guitarra: Dustan Gallas 
Teclados e programação: Gui Amabis 
______________________________________________________________

Porque 
(Letra: Matéria Prima)
(Música: Gui Amabis/Regis Damasceno/Rica Amabis/Dustan Gallas) 

Voz: Matéria Prima 
Baixo: Regis Damasceno 
Guitarra: Dustan Gallas 
Teclados e programação: Gui Amabis e Rica Amabis

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Pitzan - PITZAN (UBT008) (2016)


Este é o oitavo lançamento oficial da Ukiyo Beat Tapes, e segundo em parceria com Pitzan (Elo da Corrente), que inclusive dispensa ficha técnica pois foi o responsável por todas as etapas no fechamento deste trabalho.


01. Pôr do sol (01:52)
02. Interlúdico_1 (01:08)
03. Açúcar mascavo (01:46)
04. Interlúdico_2 (00:45)
05. On & On (01:39)
06. Bituka (01:46)
07. La Marijuana (00:50)
08. Pra vc esquecer (01:08)
09. Fonk u (00:46)
10. Interlúdico_3 (cassette bonus)*
11. Yasuke (00:53)
12. Florais (01:27)
13. Sentimental (01:30)
14. Pai (02:17)
15. Onda (cassette bonus)*


As faixas 10 e 15 constam apenas na versão em cassete; Todos os beats, mixagem, masterização e arte por Pitzan.

+info:
Facebook
SoundCloud

domingo, 13 de novembro de 2016

Kleops - Eskizofrelônico (2008)


A primeira memória sonora que tenho de Kleops foi através da música "A Casa" no álbum do Big Filho, em seguida rolou a "Preciso das Damas" com Mahal e sempre alguém bem próximo que eu tinha como referência me dizia algo sobre esse mano, ou sobre o Labirinto dos Versos Cantantes (grupo fundado por Kleops). Eis que um bom tempo se passou desde então e a vida me permitiu conhecê-lo pessoalmente, enfim pude ouvir seu trabalho e constatar que não foi à toa que tanta gente boa me falava sobre Kleops.


Vou encurtar o caminho e facilitar pra vocês conhecerem o trabalho dele, este é o Eskizofrelônico lançado oficialmente em 2008, primeiro solo de Kleops.

01 Fluidos (Prod. Renan Samam) (03:15)
02 Inflagráveis Lampejos (Eu Estava Pensando) (Prod. Dheeny) (03:51)
03 Enigma Interno (Prod. Renan Samam) (03:52)
04 Lapsos (Prod. Dheeny) (03:03)
05 Coisas Rotineiras (Prod. Renan Samam) (03:14)
06 Anoitecido (Prod. Renan Samam) (02:10)
07 Distúrbio Lobotômico (Prod. Renan Samam) (03:37)


Kleops dedica este disco a sua mãe Dona Aparecida Guiomar Tavares Brito e sua filha Mel Silva Tavares Brito.

Em memória de Marcos Tadeu Telesphoro (Marcão - O Som de Assalto), Caetano, Marcelo (Espanto) Salvador, PH, Mariza Nascimento, Welington Lopes dos Reis (Dedé) e (Spy the only).

Kleops agradece à todos que participaram direta e indiretamente na realização desse trabalho; Em especial à Deus, Renan Samam, Dheeny, Bel, Black Alquimista, Oráculo Estúdio, Flavio Mello, Gabriel M. Raphael, Fernando Dias Esteves, Rick Aslan e Cia.

Arte: Gabriel M. Raphael

+info:
SoundCloud

sábado, 12 de novembro de 2016

Nega Gizza - Na Humildade (2002)


Nega Gizza nasceu em Brás de Pina, subúrbio do Rio de Janeiro. Filha de empregada doméstica, aos sete anos, vendia refrigerante e cerveja com seus irmãos no Centro do Rio. Mesmo tendo parado de estudar na sétima série, por não conseguir conciliar o trabalho com os estudos, Gizza sonhava em ser jornalista. Aos 15 anos, quando escutou um programa de rap pela primeira vez, identificou-se imediatamente com o estilo. 

Após a perda de seu irmão, Márcio, morto pela polícia aos 27 anos, MV Bill a "adotou" como irmã, convidando-a para participar de sua banda como backing vocal. Entre 1999 e 2000, a rapper foi a primeira locutora de uma rádio de rap, no programa Hip Hop Brasil, da Imprensa FM. Em 2001, Gizza venceu o Prêmio Hutúz - na época o mais importante prêmio de rap da América Latina - na categoria de "melhor demo de rap". 


Seu primeiro CD conta com um time de primeira na produção: Zé Gonzales, DJ Luciano, Dudu Marote (dono do selo Muquifo Records), MV Bill, Gustavo Nogueira e Daniel Ganja Man (do coletivo Instituto, de São Paulo).

01 Filme de Terror (04:59)
02 Depressão (04:53)
03 Larga o Bicho (Part. Ieda Hills) (03:54)
04 A Verdade que Liberta (Part. MV Bill) (04:16)
05 Prostituta (06:52)
06 Caminhada 1 (01:01)
07 Neném (05:40)
08 Inconstante (03:49)
09 Brilho Perfeito (04:25)
10 Caminhada 2 (00:51)
11 Fiel Bailarino (03:54)
12 Original (Part. MV Bill) (05:27)

DOWNLOAD

Nega Gizza - Prostituta (Vídeo Clipe)
Direção: Kátia Lund e Líbero Saporetti
Fotografia: Ricardo de La Rosa

NoSigiloBeats - Notas da Madrugada (2016)


Evandro Felipe mais conhecido por Kbral é um produtor e beatmaker do selo NoSigiloBeats, um cara gente fina mas de poucas palavras (quem conhece sabe); Notas da Madrugada é um trabalho instrumental curto, direto e reto, uma viagem rápida por diversas impressões que a Madrugada permitiu ao Kbral, confiram...


01 Intro (00:21)
02 Na Rua (00:58)
03 Vozes (00:52)
04 Escuridão (00:47)
05 Alerta (01:00)
06 Fuga (00:52)
07 Busca De Salvação (00:56)
08 Anjo Caído (00:44)


+info:

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Black Alien - Homem de Família (Clipe Em Libras)


Black Alien lançou hoje (08/11) seu novo vídeo clipe todo interpretado Em Libras, a linguagem brasileira dos sinais para deficientes auditivos, excelente iniciativa do grande Gustavo Black, parabéns!

Direção: Lecuk Ishida

Ficha Técnica:

Música: Homem de Família
Autores: Black Alien e Alexandre Basa
Clipe: Homem de Família
Participações: Fabiano Campos, Bruno canuto e Diego Martins

sábado, 5 de novembro de 2016

Marchitect & Dr. Drumah - World Wide Vibe (2013) Yaheard Records


Este é um trabalho colaborativo entre o MC britânico Marchitect e o produtor musical e baterista brasileiro Dr. Drumah, já faz uns dias que me foi apresentado esse trampo mas não consigo parar de ouvir, principalmente Train Stations And Airports, recomendo à todos...


01 World Wide Vibe (03:10)
02 UNOIGOTDAT (feat. Jas Mace) (02:47)
03 Nothing But Trouble (03:07)
04 Why It Is? (03:11)
05 Train Stations And Airports (02:58)
06 Pump Up The Volume (02:55)

Ouça na íntegra aqui!


Marchitect & Dr. Drumah - World Wide Vibe (Clipe)

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Prévia da Morte (Prod. NoSigiloBeats) (2016)


Em 2014 um vizinho e grande amigo meu lançou um álbum instrumental chamado "Prévia da Morte", assim que terminei a audição já tinha em mente um texto curto pra cada instrumental, perguntei se era possível essa parada e ele topou.

Eis que hoje 02/11 (Finados) vem à luz a Prévia da Morte, com uma forma dinâmica de tratar um assunto comumente evitado/ignorado por todos até inevitavelmente se fazer presente, a morte.


Prévia da Morte é uma metáfora para a brevidade da vida. 

01 Introdução (00:30)
02 A Hora da Vingança (01:26)
03 Pela Vida (01:09)
04 Purgatório (01:31)
05 Cemitério (00:56)
06 A Voz da Morte (01:25)
07 A Última Flor (01:08)


Toda parte instrumental por NoSigiloBeats
Scratches, riscos e colagens por DJ Tiu X (Submundo 90)
Gravado, mixado e masterizado por Famm Ribeiro (Low-Hi Beats)
Arte visual e design por Fabio Ayabe (@tigone_uc)
Audiovisual por John Fernandes (KFRM)

Camaleão Transparente - O Sequestro da Batida


Certo dia uma batida em uma tentativa de sequestro frustrada acabou sendo ela a sequestrada, quase que abduzida em Diadema e essa notícia correu o mundo; Quando foi descoberto seu cativeiro a batida já sofria da Síndrome de Estocolmo.

Enfim o sequestrador acabou inocentado e permanece livre contribuindo com ela, a batida.

(Para acessar o som basta clicar na capa abaixo).



"Foi bom contribuir com você amiga
poder contar histórias em cima da sua batida
Você é companheira pra todas as poesias
adoro com minhas palavras te fazer ter vida".

(Camaleão Transparente)

+info:
Facebook

Hurakán - Contrastes (Vídeo Clipe)


Eis aqui Hurakán um profissional multifuncional como poucos que dentro desse universo de loucos se mantém são em plena criação e elevação, transitando por diversas vibes sonoras explora como ninguém as possibilidades existentes dentro do som, se você ainda duvida procure conhecer pra saber se estou falando demais.

Deixo vocês com a letra e o vídeo clipe de Contrastes em #LUTO pelo fim da hegemonia política em nosso país, confiram!

Minha história é o contraste da cidade de onde venho.
Aonde sobrenomes contam mais que o desempenho.
Músicos bons, tocam cover.
Quem faz música autoral, game over.
Leis, projetos, praças, palcos.
Produtoras culturais e seus contatos.
Cidade da frieza humana e do hedonismo.
Dos governos cíclicos criados pelo nepotismo.
Parques são cercados por grades e elitismo.
Mantendo a favela longe aos olhos do turismo.
Jantares de negócio e mesa farta.
Eles são Roma. Mas nós somos Esparta!
Lerner, Greca, Melo e Silva.
Sabbag, Silvério, Garcez, Stival.
Ducci, Fruet, Pimentel, Richa.
Moro, Neto, Souza...
E volta a ficha.
Entre calçadas de granito e avenidas sem calçada.
Shoppings só pros ricos e sem nada na quebrada.
Sem incentivo pro lazer, tubão é hit em disparada.
Vidas jovens valem menos que a propriedade privada.
Cidade caucasiana, com o racismo mais velado.
Seja um ciclista aqui e cê vai ser atropelado.
Seja preto em Curitiba e cê vai ser escalpelado
Seja pobre em Curitiba e cê vai ser crucificado!

Eles podem rasgar nossa carne, 
mas o nosso espírito permanecerá forte como água.
Até que a última rocha se parta!


Direção e Edição por Hurakán
Imagens por 2nay To be Real

Curitiba, 2016

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Cypher 8 Barras - Adriano, Portella, Bianca e Guinomon


Diretamente de PG pra começar o mês de novembro daquele jeito com um quarteto da pesada: Adriano (CDG), Bianca (Philliaz), Portella e Guinomon (Forma Única), 8 linhas de cada e está formado o Cypher 8 Barras, se ligaê.


Ficha Técnica:

Câmera e edição:
Felipe Hoffmann

Motion e design:
Bianca Hoffmann

Mix | Master:
Pedro Barão

Instrumental:
Portella

Ponta Grossa, Paraná. 2016