domingo, 16 de junho de 2019

Polyrhythm Addicts - Rhyme Related (Wreck Records / Nervous Records, 1999)



01. Motion 2000
02. Take Me Home (feat. Pharoahe Monch)
03. Not Your Ordinary
04. Big Phat Boom Intro (Prod. DJ Joc Max)
05. Big Phat Boom
06. No Limit
07. Nervous Breakdown
08. Should Have Known Better
09. Not Your Ordinary - Rhythm Revolution
10. Seven Steps Behind (feat. Kriminul e Joc Max) (Prod. DJ Joc Max)

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Max B.O. - O.M.M.M. (2019)



01. Içar Velas (Part. Dada Yute) 
02. Duas Vezes
03. 23 HRS
04. Trancoso (Part. Rael)
05. Filhos (Part. Zion)
06. Agradecer (Part. Froid)
07. No Estúdio (Part. Donatinho)
08. Cama Fria (Part. Iky Castilho)
09. Capital do Capital
10. Inferno de Antes
11. Cada Minuto
12. Respeite a Técnica

Disponível na íntegra para audição via: YouTube.


Max B.O. - Içar Velas (Part. Dada Yute) 



quinta-feira, 13 de junho de 2019

Valete - Colete Amarelo (Prod. Devakuo)


Primeira faixa do álbum "Em Movimento" que anteriormente se chamariam "Homo Líber" e "360 Graus" que não mais existirão. O título final é mesmo "Em Movimento" e segundo o próprio Valete ainda é só o começo...


Ficha Técnica:

Letra: Valete
Produção: Devakuo
Co-Produção: Tom Enzy
Pós Produção: SP Deville e Here's Johnny
Mix: Here's Johnny
Master: Chris Athens (Sterling Sounds)
Gravado por: X Acto (Estúdios Big Bit)
Vozes Adicionais: Papillon, Phoenix RDC e Dino D'Santiago
Voz Refrão: Loromance

Letra:

(Refrão)

Este é o nosso dialecto
Politicamente incorrecto
Quando o V começa a dar na cara
Não para (*2)

Eles querem saber quando é que a maquete sai para a net
Quando é que eu vou para a Estrada , quando é que é o Coliseu
Manos dizem que o mano Estraca é o novo Valete
Que se foda esse wero wero, o novo Valete sou eu

Rima inata, perversa como um homocrata
Até à data sou o único rapper homeopata
Vens armado em acrobata ficas sem omoplata
Segue a carta do cartel aqui é plomo o plata

Todos perguntam me o que é que  eu acho do Uzi Vert
Todos perguntam me o que é que eu acho do SippinPurp
Manos 'bora falar do nosso cenário encenado
´Bora falar dos mercenários no nosso senado

´Bora falar do mecenato de Raul soldado
Eu quero ser mais um soldado contra Bolsonaro
Vê me a levitar beef sabes que é de evitar
Não há que duvidar o Viris é uma divindade

Estudei Pio XI, o Papa Nazi
Depois da rima do Babalaze eu ganhei Paparazzis
Eu sonho em ser timoneiro sonhas com um Mazeratti
Sou pioneiro mas rafeiro como um Materazzi

Redes sociais, são o teu momento solene
Entravas em depressão se acabasse o instagram
A escola só nos difama por isso eu Makukulo
Que se foda Vasco da Gama ensinem Shaka zulu

Aqui não há rap de paka mano, aqui não há cadelas
Teu flow é barco à vela, o meu é arte,  é aquarela
Viris esburaca como Freeway na Rockafella
E é patriarca quando saca aquela acapela

Fico fodido quando penso no mano Rodrigo 
Que apanhou a dama dele na cama com o melhor amigo 
Cortou o gajo bem feito, 3 cortes no peito
Cobiçar a dama dum tropa e o máximo desrespeito 

Tu queres os holofotes
A gente resolve o problema como Victor Zolotov
A gente dissolve e como os rappers como estrogonofe
Já sabes que todas as estrofes são cocktail molotofs

Lembro quando a democracia ainda nos merecia
E quando diziam que a plutocracia era uma heresia
Hoje o diabo te amacia e se delicia
E já não temos poesia com la policia

Viris assola, degola, Viris não protocola 
Ainda escrevo com a mesma bitola de Francis Ford Coppola
Sou velha escola santola, como pager Motorola
Viola no saco mano, não contas pó´ totobola

Não beefo com a quantidade de manos que damas comem
Beefo com essas Damas que engravidam só para prender homens
Parabéns caçaste a presa com a tua esperteza
Cabra Um dia karma chegará podes ter a certeza

Onde o HipHop se mascara, Viris não para lá
As barras de energia rara como pó de guaraná
as barras são do Niagara e acabam no Paraná
Zukas dizem que a rima sara e dão me saravá

Lá na zona só se debate sobre a nova escola
Quem é o novo Maradona quem é o mano que move a bola
Quem é o novo Zidane, quem passará no exame
Dillaz, Hollyhood, Slow J , Prof ou G-Son

Isto é loucura como outrora lá no Bora Bora
Minha rima é tipo chora depois e chora agora
Mato inimigos com ataques aéreos fora de horas
Como americanos mataram afegãos em Tora Bora

(Refrão)

+info:

sábado, 1 de junho de 2019

D-Tension Presents: Contacts + Contracts (Landspeed Records, 2002)



01 7L - Who's That? (01:49)
02 Encore - It's Time (Ode To Breakin' Atoms) (03:47)
03 Checkmark, Esoteric e Mic Styles - Thin Line (03:51)
04 Thirstin' Howl III - Orgasms (04:57)
05 D-Tension - Contact Interlude (01:20)
06 Akrobatik - The Fugitive (03:57)
07 El Da Sensei - Hard Times (Hard Rhymes) (03:25)
08 D-Tension - My Fashion Statement (03:25)
09 Breez Evahflowin' - Open (03:36)
10 L-Fudge - A Night At Hunt's Point (04:12)
11 D-Tension - Contacts Interlude (01:09)
12 Mr. Lif - Trouble Shooting (03:42)
13 Clokworx - Rudi (05:01)
14 Apani B. Fly - True + Exact (03:07)
15 D-Tension - Pizza S**t Interlude (00:29)
16 D-Tension - The Producer (03:12)

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Dead Fish - Ponto Cego (Deckdisc, 2019)



01. A Inevitável Mudança
02. Sangue Nas Mãos
03. Pobres Cachorros
04. Não Termina Assim
05. Sombras Da Caverna
06. O Melhor Em Um
07. Doutrina Do Choque
08. Etiqueta Social
09. Suv's (Stupids Utility Vehicle)
10. Apagão
11. Janelas
12. Messias
13. Receita Pro Fracasso
14. Descendo As Escadas

Disponível na íntegra para audição via: YouTube.


Dead Fish - Sangue Nas Mãos (Lyric Video)

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Abstract Orchestra - Madvillain Vol. 2 (ATA Records, 2019)



01 Mashup 1
02 Meat Grinder
03 Figaro
04 Eye
05 Cant Reform ‘Em
06 Madmix 3
07 Mashup 2
08 Rhinestone Cowboy
09 Fire In The Hole
10 Rainbows
11 Borrowed Time
12 Operation Lifesaver
13 Dabrye - Air feat. MF DOOM (Abstract Orchestra Remix)

+info:

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Abstract Orchestra - Madvillain Vol. 1 (ATA Records, 2018)



01 Accordion
02 Curls
03 All Caps
04 Bistro
05 Fancy Clown
06 Raid
07 Madmix 1
08 Great Day
09 Madmix 2

+info: