segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Os Afro-sambas de Baden Powell (1990)


Baden Powell realizou em 1990 esta regravação do célebre álbum Os Afro-sambas, novamente acompanhado pelo Quarteto em Cy, basicamente ele manteve os mesmos arranjos mas procurou obter uma melhor qualidade sonora como uma forma de homenagear o amigo Vinícius, então já falecido.

Gravado em 1990 como brinde de um banco (somente 3 mil cópias para distribuir aos clientes), 2 anos depois o disco foi lançado na França e posteriormente lançado comercialmente também no Brasil pela gravadora Biscoito Fino, com 10 das 39 composições que Baden e Vinicius fizeram juntos. O disco teve direção musical e arranjos do próprio Baden Powell.


01. Abertura (06:22)
02. Canto de Ossanha (04:15)
03. Labareda (06:06)
04. Tristeza e Solidão (05:30)
05. Canto do Caboclo de Pedra-Preta (03:40)
06. Canto de Xangô (05:50)
07. Bocoché (03:04)
08. Canto de Iemanjá (06:00)
09. Variações Sobre Berimbau (06:02)
10. Tempo de Amor (Samba do Veloso) (04:40)
11. Lamento de Exú (06:04)

Disponível para audição na íntegra via YouTube.

Com exceção da abertura composta unicamente por Baden Powell, todas as outras músicas são de autoria conjunta dele com Vinícius de Moraes. As faixas 1, 3 e 9 não constavam da gravação original de 1966.

Ficha Técnica:

Direção musical e arranjos: Baden Powell
Direção Geral: Kati Almeida Braga
Direção Artística: Olivia Hime
Gerência de Produção: Joana Hime
Assistente de Produção: Isabel Zagury e Fernando Temporão
Técnico de gravação: Ademar Rocha

Mais um time pesado de músicos: Baden Powell, Quarteto em Cy, Ernesto Gonçalves, Paulo Guimães, Sutinho, Flávio Neves, Alfredo Bessa e Valdeci

Nenhum comentário:

Postar um comentário