domingo, 13 de novembro de 2016

Kleops - Eskizofrelônico (2008)


A primeira memória sonora que tenho de Kleops foi através da música "A Casa" no álbum do Big Filho, em seguida rolou a "Preciso das Damas" com Mahal e sempre alguém bem próximo que eu tinha como referência me dizia algo sobre esse mano, ou sobre o Labirinto dos Versos Cantantes (grupo fundado por Kleops). Eis que um bom tempo se passou desde então e a vida me permitiu conhecê-lo pessoalmente, enfim pude ouvir seu trabalho e constatar que não foi à toa que tanta gente boa me falava sobre Kleops.


Vou encurtar o caminho e facilitar pra vocês conhecerem o trabalho dele, este é o Eskizofrelônico lançado oficialmente em 2008, primeiro solo de Kleops.

01 Fluidos (Prod. Renan Samam) (03:15)
02 Inflagráveis Lampejos (Eu Estava Pensando) (Prod. Dheeny) (03:51)
03 Enigma Interno (Prod. Renan Samam) (03:52)
04 Lapsos (Prod. Dheeny) (03:03)
05 Coisas Rotineiras (Prod. Renan Samam) (03:14)
06 Anoitecido (Prod. Renan Samam) (02:10)
07 Distúrbio Lobotômico (Prod. Renan Samam) (03:37)


Kleops dedica este disco a sua mãe Dona Aparecida Guiomar Tavares Brito e sua filha Mel Silva Tavares Brito.

Em memória de Marcos Tadeu Telesphoro (Marcão - O Som de Assalto), Caetano, Marcelo (Espanto) Salvador, PH, Mariza Nascimento, Welington Lopes dos Reis (Dedé) e (Spy the only).

Kleops agradece à todos que participaram direta e indiretamente na realização desse trabalho; Em especial à Deus, Renan Samam, Dheeny, Bel, Black Alquimista, Oráculo Estúdio, Flavio Mello, Gabriel M. Raphael, Fernando Dias Esteves, Rick Aslan e Cia.

Arte: Gabriel M. Raphael

+info:
SoundCloud

Nenhum comentário:

Postar um comentário