segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Os Afro-sambas de Baden e Vinícius (1966)


Considerado por muitos um divisor de águas na MPB estes são Os Afro Sambas, constam aqui oito canções que apresentam uma musicalidade singular que traz uma mistura de instrumentos do candomblé e da umbanda como atabaques e afoxés com timbres mais comuns à música brasileira entre agogôs, saxofones e pandeiros.

Um dos grandes destaques do álbum é a faixa de abertura "Canto de Ossanha", futuro clássico da MPB, que conta com a participação nos vocais da atriz Betty Faria e na flauta de Nicolino Cópia.


01. Canto de Ossanha (03:23)
02. Canto de Xangô (06:28)
03. Bocoché (02:34)
04. Canto de Iemanjá (04:47)
05. Tempo de amor (04:28)
06. Canto do Caboclo Pedra-Preta (03:39)
07. Tristeza e solidão (04:35)
08. Lamento de Exu (02:16)

Disponível para audição na íntegra via YouTube.

Todas as faixas são da autoria de Baden Powell e Vinícius de Moraes.

Ficha Técnica:

Produção e Direção: Roberto Quartin e Wadi Gebara
Técnico de gravação: Ademar Rocha
Contracapa: Vinicius de Moraes
Fotos: Pedro de Moraes
Capa: Goebel Weyne

O disco ainda conta com um time pesado de músicos:  Maestro Guerra Peixe, Vinicius de Moraes, Quarteto em Cy, Coro Misto, Pedro Luiz de Assis, Aurino Ferreira, Nicolino Cópia, Baden Powell, Jorge Marinho, Reisinho, Alfredo Bessa, Nelson Luiz, Alexandre Silva Martins, Gilson de Freitas, Mineirinho e Adyr Jose Raimundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário