sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Azagaia - Cubaliwa (2013)


Cubaliwa é uma palavra da língua Masena, que significa nascimento ou nascer, dialeto falado na região central de Moçambique, Manica e Sofala, este último que é conhecido como um dos berços da resistência em Moçambique.

Cubaliwa também é uma palavra da língua Ronga, e com um significado semelhante nas línguas Changana e Xitsua; significa escrita ou está escrito. Isso resume o conceito deste segundo álbum de Azagaia.


É um chamado para a mudança de mentalidades e a necessidade de cada moçambicano para nascer de novo, mais aberto, hard-working, ouvinte e culturalmente enraizado, menos parcial, corruptível e inimigo dos direitos humanos, livre de preconceitos, como o racismo, o tribalismo e o classicismo sociais, capaz de gerir os recursos econômicos de seu país em uma perspectiva mais humana e não apenas para o lucro. Esta mudança só pode acontecer através da Educação, daí a necessidade de escolher e valorizar o que é escrito por moçambicanos e todos os que contribuem para o conhecimento global.

Azagaia - Cubaliwa (2013)

01. Calaste (04:40)
02. Cães De Raça part. Guto (05:58) 
03. Maçonaria part. Banda Likute e Guto (06:14) 
04. Começa Em Ti part. Júlia Duarte (04:08) 
05. ABC Do Preconceito (05:43)
06. Subir Na Vida part. Kennedy Ribeiro (04:21)
07. Miss E Mister Moçambique part. Dama Do Bling, Baka e Xixel (03:15)
08. Wa Gaia part. Stewart Sukuma (04:41) 
09. Revolução Já part. Spirits Indigenous e Tira-Teimas (06:38)
10. Países Do Medo part. MCK e Valete (04:07)
11. Carne De Canhão part. Hélio Bentes (04:20)
12. Homem Bomba part. Macross Maguguana e Miguel Cherba (05:11)
13. A Minha Geração part. Ras Haitrm [Grasspoppers Remix] (04:59)


Azagaia - M.I.R. Música de Intervenção Rápida

+info:

Nenhum comentário:

Postar um comentário